Xuxa e Ideli visitam a central de atendimento do Disque 100


Após discussão na Câmara dos Deputados, apresentadora visitou instalações do Disque 100, serviço que recebe denúncias de violações a direitos humanos (Foto: Uol)

Agência Brasil – Como parte das atividades da Semana Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, a apresentadora Xuxa Meneghel e a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, visitaram hoje (21) a central do Disque 100, em Brasília, e acompanharam o trabalho das equipes que fazem o atendimento. O serviço recebe denúncias de violações de direitos humanos.

A ministra ressaltou a importância do trabalho do Disque 100 e disse que as ligações de trote caíram quase a zero, o que mostra a percepção da população sobre a seriedade do serviço. “Este serviço tem prestado excelentes resultados. É um instrumento fundamental de participação da sociedade”, e completou: “A violência contra crianças e adolescentes acontece todos os dias, e precisamos agir constantemente”.

A apresentadora Xuxa lembrou que muitas vezes a vítima de violência e de abuso sexual não tem condições de fazer a denúncia. Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais de crianças e adolescentes, e recorrer ao Disque 100. “Muitas vezes a vítima não tem como denunciar, tem medo. Se divulgarmos este número, alguém próximo à pessoa que sofreu violência tem como denunciar”, disse. Na avaliação da apresentadora, quem sabe de uma violação de direitos e não denuncia é tão criminoso quanto quem pratica o ato de violência.

O combate à exploração sexual de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo foi citado pela ministra Ideli Salvatti, em entrevista coletiva. Segundo ela, haverá aumento de 20% a 25% no número de atendentes do Disque 100 durante o Mundial de futebol. Além disso, os conselhos tutelares farão plantão permanente.

No fim da tarde, Xuxa se reúne com a presidenta Dilma Rousseff, que vai sancionar o projeto de lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças, adolescentes e pessoas vulneráveis. Ela comentou que está feliz com a sanção, mas ao mesmo tempo indignada por esse tipo de crime ter demorado tanto para ser considerado hediondo. “Pena que demorou tanto, tem tanta burocracia para que as coisas certas sejam feitas”.

O Disque 100 é um serviço de atendimento telefônico gratuito, que funciona 24 horas, todos os dias da semana, para receber denúncias de violações de direitos humanos. Em especial, as que atingem populações vulneráveis como crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e pessoas em privação de liberdade. As denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis. Em 2013, a central recebeu 182 mil denúncias, das quais 124 mil foram de violações contra crianças e adolescentes. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: