“Vou provar a minha inocência”, diz suspeita de vender virgindade da filha


“Vou provar a minha inocência”, diz suspeita de vender virgindade da filha

Segundo polícia, vítimas eram exploradas em troca de dinheiro, drogas e bebidas alcoólicas

Do R7, com Balanço Geral

Hoje com 15 anos, a jovem revelou que foi um militar da reserva quem pagou R$ 50 pela virgindade dela há seis anos Reprodução Rede Record

A mulher suspeita de vender a virgindade da filha de 9 anos por R$ 50 negou ter cometido o crime e disse que vai provar a inocência dela. Jacira do Carmo Moreira, de 46 anos, foi presa na sexta-feira (29). Ela é mãe de oito filhos que, segundo ela, estão em um abrigo.

— Eu nunca fiz isso [aliciar a filha]. Eu trabalho fazendo reciclagem. Eu trabalho em feira, ajudo na barraca da feira. Eu só sei que vou provar a minha inocência, isso eu tenho certeza.

Segundo a polícia, duas filhas dela eram exploradas sexualmente em troca de dinheiro, drogas e bebidas alcoólicas. Jacira assumiu já ter consumido entorpecentes.

— Eu já fui usuária de cocaína.

Ela era considerada foragida e se apresentou a prisão depois de cinco suspeitos de cometerem os abusos serem presos. Eles eram vizinhos das vítimas. Outros dois suspeitos ainda são procurados pela polícia.

De acordo com as investigações, os estupros também aconteciam dentro da casa de Jacira. Ela foi indiciada por estupro de vulnerável, exploração sexual, maus tratos, abandono de capaz e intelectual -já que a adolescente era analfabeta e só recentemente passou a frequentar a escola.

A vítima só conseguiu sair da casa da mãe, quando uma irmã mais velha desconfiou dos maus-tratos. Hoje com 15 anos, a jovem revelou que foi um militar da reserva quem pagou R$ 50 pela virgindade dela há seis anos. As garotas disseram ainda que passavam fome, já que Jacira gastava tudo em bebidas e drogas.

Assista ao vídeo:
 http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/vou-provar-a-minha-inocencia-diz-suspeita-de-vender-virgindade-da-filha-02122013-1

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: