Vitória do sombra

Ontem na Convenção regional do PRTB o “presidente” Luís Estevão de Oliveira Netomostrou que será o grande vitorioso nas eleições de outubro em Brasília. A estratégia incluía impor um nome na chapa do candidato José Roberto Arruda: Eliana Pedrosa, para ter o controle num eventual governo de Arruda, já que no governo de Agnelo ele conta com vários cargos estratégicos para os seus negócios.
Assim como Estevão não aparece à frente do partido colocando sua filha Fernanda, ele joga em várias pontas, a principal opinião que influenciou a decisão da renúncia de Liliane Roriz foi Eliana Pedrosa combinada com Estevão.

O acordo feito entre Arruda e o patriarca da família Roriz, foi a vice candidatura com indicação de Joaquim. Eliana Pedrosa seria um dos últimos nomes indicado pelo patriarca. Mas, Luís Estevão sabe que uma indicação de Joaquim Roriz significa o controle de meio governo e ele teria espaço de coadjuvante – como é hoje.

Mas, fazendo Eliana Pedrosa de vice de José Roberto Arruda, além de ter parte do governo fará como ponta de lança Eliana Pedrosa adversária de Arruda nos primeiros seis meses, podendo até contribuir para a derrubada repetitiva, lembrando os tempos de transição onde Aureliano Chaves, vice de João Batista Figueiredo se rebelou a fim de aplicar o golpe rasteiro e conquistar o apoio do eleitorado na mudança para a democracia.

Eliana Pedrosa trabalha fortemente nos bastidores para que Arruda anuncie em breve o seu nome como vice candidata rumo ao Palácio do Buriti. Mas, um obstáculo está a frente desta estratégia, o amigo fiel do patriarca Roriz, Jofran Frejat, que com certeza representa a família Roriz e agrega levando o eleitorado rorizista para os braços de Arruda.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: