Vendas de fim de ano devem crescer em 10% para atacadistas do DF


Vendas de fim de ano devem crescer em 10% para atacadistas do DF

Nas empresas atacadistas do Distrito Federal já podem ser encontrados produtos típicos de fim de ano. Artigos natalinos, de réveillon e confraternizações são os mais procurados. 

Faltando poucos dias para as festas de fim de ano, é notória a adaptação do comércio para atender às demandas do consumidor. Com o setor atacadista não poderia ser diferente. Empresários da categoria estão preparados para abastecer os pedidos do varejo desde setembro.

De acordo com Fábio de Carvalho, presidente do Sindicato do Comércio Atacadista do Distrito Federal (Sindiatacadista/DF), o segmento deve apresentar crescimento de 10% nas vendas, este ano, em relação ao mesmo período de 2012. Os alimentos mais consumidos nesta época estão relacionados à ceia natalina, e virada do ano, como panetones, frutas secas e vinhos.

O diretor-presidente da Estrela Distribuidora, Carlos Santana, assegura que o Natal é uma das datas mais aguardadas pelo comércio atacadista, levantando também as vagas de empregos temporários. “Houve um aumento na contratação em relação ao ano passado. Contratamos, no total, 20 novas pessoas, sendo 10 motoristas e 10 auxiliares de entrega”, comenta Gentil. “Esperamos um aumento de 20% nas vendas.”

A Garra Distribuição, empresa com artigos para cestas de Natal, espera um aumento significativo nas vendas dos produtos alusivos à data. Segundo o diretor-presidente, Adauto Lúcio, a comercialização tende a aumentar 30% em relação ao mesmo período do ano passado, que compreende os meses de outubro, novembro e dezembro. “Começamos as compras em setembro, pois em outubro as vendas melhoram. Porém, é na segunda quinzena de dezembro que há o grande aumento nas vendas”, conta.

Com o 13° salário girando na economia nacional, deve aumentar as vendas do varejo, o que reflete no setor atacadista. Desde o início de setembro os atacadistas e varejistas já estão se preparando para o Natal com o abastecimento do estoque, desde a compra de produtos alimentícios até artigos de decoração. No ano passado, o setor atacadista teve crescimento de 12% em relação a 2011.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: