veja quem fez parte de mensalão do DEM do DF

MENSALÃO DO DEM – Secretário do DF é acusado de receber propinas

Delator do mensalão do DEM diz que R$ 90 mil eram repassados a político. Secretário da Justiça já ocupava pasta na gestão Arruda; Alírio nega as acusações e diz que elas têm motivação política

Fernanda Odilla, Folha de S. Paulo


O atual secretário de Justiça do governo do petista Agnelo Queiroz, no Distrito Federal, é acusado de receber propina do mensalão do DEM, de acordo com depoimentos até agora inéditos do delator do esquema de corrupção na capital do país.

Durval Barbosa, denunciante do escândalo, revelou à Promotoria do DF que encaminhou repasses de R$ 90 mil mensais a Alírio Neto(foto) (PPS), quando o secretário ocupava a mesma pasta na gestão do ex-governador José Roberto Arruda.

Segundo Barbosa, Alírio era um dos beneficiários de parte dos R$ 220 mil desviados mensalmente do Detran. O dinheiro, segundo ele, era arrecadado junto a empresas de informática contratadas pelo Detran e pela Secretaria de Justiça e Cidadania.

Alírio Neto nega as acusações e diz que elas têm motivação política.

About A Politica e o Poder

One comment

  1. Todo mundo sabe as fitas são de antes do governo Arruda e que o dinheiro foi devidamente registrado. As pessoas ficam arrumando provas falsas pra incriminar Arruda só pode. Se ele fosse realmente culpado já tinha rolado uma denuncia formal contra ele.

%d blogueiros gostam disto: