UFC 169 Aldo passa susto no último round, mas vence Lamas e mantém cinturão do UFC


Manauara domina luta e ganha por decisão unânime na luta coprincipal em Newark

Vicente Ribeiro


José Aldo tem os braços erguidos depois da vitória diante de Ricardo Lamas no UFC em Newark

José Aldo confirmou a expectativa dos fãs brasileiros e especialistas em MMA e manteve o cinturão do peso pena do Ultimate Fighting Championship pela sexta vez. O manauara derrotou o desafiante, Ricardo Lamas, por decisão unânime dos juízes (triplo 49 a 46), depois de cinco rounds. Foi a luta coprincipal do UFC 169, na madrugada deste domingo (de Brasília), em Newark.

Foi a sexta defesa de cinturão de José Aldo, desde que ele foi proclamado campeão ao se transferir do extinto WEC (onde era o campeão dos penas) e colocar o títulodo UFC à prova diante de Mark Hominick, em 2011. Depois do canadense, o manauara bateu, em sequência, Kenny Florian, Chad Mendes, Frankie Edgar, Chang Sung Jung e Ricardo Lamas. O desafiante em Newark, por sua vez, teve interrompida sequência de quatro triunfos consecutivos.

Com a vitória, a sexta no UFC em igual número de lutas, José Aldo ficou mais perto de alcançar o objetivo de subir de peso e se transferir dos penas para os leves (até 70,3kg). O manauara nunca escondeu o desejo de enfrentar o campeão da categoria acima, Anthony Pettis, e deve ser atendido pelo chefão Dana White assim que o Showtime se recuperar de lesão.

A luta

A exemplo dos últimos combates, contra Frankie Edgar e Chan Sung Jung, José Aldo optou por uma atuação mais estratégica. Ele tomou a iniciativa e o centro do octógono, mas se preocupou em não se expor aos golpes do adversário. Ricardo Lamas, por sua vez, tinha nos chutes rodados a principal arma para incomodar o brasileiro.

Aldo levou vantagem nítida nos dois primeiros rounds, até que Ricardo Lamas começou a reagir no terceiro, dificultando para o campeão, que aparentava tranquilidade e sempre contra-atacava. Manauara mostra força com os conhecidos chutes baixos, mas o desafiante estava mais solto no combate.

O quarto e quinto rounds pareciam tranquilos para Aldo. A luta foi mais agarrada, com os dois procurando a queda. Só no último é que o brasileiro passou um susto. Ricardo Lamas conseguiu inverter uma posição desfavorável e ficou na guarda do campeão. O desafiante tentou as cotoveladas no ground and pound, mas o manauara suportou bem a pressão e resistiu até o fim. Na decisão dos juízes, prevaleceu a atuação melhor do número um nos quatro primeiros assaltos.

“Fiquei surpreso por ele não ter sentido os chutes, ter seguido em frente. Mas o Lamas é um grande lutador, sabia que ele queria levar para os cinco rounds e eu estava tranquilo, achei melhor segurar um pouco a luta”, explicou o campeão, depois da sexta defesa de cinturão no UFC.

http://www.df.superesportes.com.br/app/1,733/2014/02/02/noticia_mma,275414/aldo-passa-susto-no-ultimo-round-mas-vence-lamas-e-mantem-cinturao-do-ufc.shtml 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: