Três perguntas para… Leila Barros

Três perguntas para… Leila Barros

leila

Leila: aprendi que não vou agradar a todos

Desde que assumiu a Secretaria de Esportes, Leila Barros (PRB) tem superado desafios. O primeiro deles foi  organizar a tradicional Corrida de Reis sem depender tanto do GDF, em razão da crise financeira. Foi um sucesso! Mas esse não é o único tipo de situação que aprendeu a driblar nos últimos cinco meses. Há ainda os percalços da política e, claro, a complexidade da gestão pública. Sobre tudo isso Leila Barros responde às “três perguntas do dia…”

CB- Sentiu que em algum momento queriam te derrubar?

Leila Barros: Na minha carreira como atleta eu aprendi que não vou agradar a todos. As críticas fazem parte do processo. O que eu faço diariamente à frente da Secretaria do Esporte é dar o meu máximo, trabalhando com muito empenho e sempre com transparência.

Como fazer as ações do Esporte sem dinheiro?

Existem programas executados pela Secretaria do Esporte e Lazer que oferecem à população do DF o direito à uma prática esportiva de qualidade. Para isso temos a Escola de Esporte e os Centros Olímpicos e Paralímpicos. Além do Bolsa Atleta e o Compete Brasília que dão apoio aos atletas da nossa cidade. E para a realização de eventos, se for preciso vamos buscar parcerias privadas. Inclusive estamos desenvolvendo ações que são de suma importância para o calendário da Secretaria do Esporte que são, a realização do Prêmio Brasília e os Jogos da Cidade. Para a viabilização desses eventos nós já temos quase 70% dos recursos privados alinhados.

Sobre a gestão das Vilas Olímpicas… Melhor pelo governo ou por organizações sociais?

A construção dos Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF foi uma decisão acertada no sentido de promover políticas públicas voltadas ao esporte às comunidades mais carentes da cidade, e por isso cabe a cada gestão cuidar com muito carinho desse projeto.

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: