Transporte: Choque libera trecho da BR-040 no DF após grupo incendiar três ônibus


Manifestação por transporte público provocou 20 km de lentidão, diz polícia

Ônibus que foi incendiado durante protesto por transporte público na BR-040 (Foto: TV Globo/Reprodução)

PM usou bombas de efeito moral e jato de água contra manifestantes.

A Tropa de Choque da Polícia Militar foi acionada na manhã desta segunda-feira (17) para liberar a BR-040 na altura de Santa Maria, que era ocupada por cerca de 300 pessoas que manifestavam por melhorias no transporte público do Distrito Federal. Durante o protesto, que durou mais de três horas, três coletivos foram incendiados e houve congestionamento de 20 quilômetros no sentido Plano Piloto. …

A corporação usou bombas de efeito moral e jatos de água contra os manifestantes. Até as 11h, dois trechos da via seguiam interditados no estado de Goiás, na altura de Valparaíso, segundo a Polícia Militar.

A BR-040 é a principal ligação entre o DF e cidades do Entorno sul, como Valparaíso, Cidade Ocidental e Luziânia. Essas cidades têm um grande número de pessoas que trabalham no Distrito Federal e dependem do transporte coletivo para chegar à capital federal.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, que também esteve no local, os manifestantes haviam usado blocos de concreto para provocar o bloqueio. Eles usaram faixas contra o governador, pedindo respeito com relação ao transporte público.

O protesto começou na Avenida Alagados, uma das maiores de Santa Maria, e partiu para três locais: DF-290, em frente ao Motel Dallas, BR-040 na altura de Santa Maria e BR-040 na altura de Valparaíso. O grupo reclama de mudanças no itinerário com a adoção do novo sistema na capital do país e da falta de ônibus para chegar ao centro da cidade.

Responsável por uma página em rede social sobre Santa Maria, Daniel Oliveira diz que a população está insatisfeita. “Os moradores do Entorno superlotam os ônibus que saem dos terminais de Santa Maria. Aí, quando passam nas paradas, ninguém consegue mais entrar. Os ônibus estão cheios e atrasados. Já não cabe mais ninguém”, afirma.

Até as 11h, não havia registro de feridos nem de presos. A Polícia Rodoviária Federal disse que vai agendar uma reunião entre a ANTT, representantes do GDF, do governo de Goiás e de prefeituras do Entorno para tentar uma ação conjunta que reduza os problemas relatados.

Valparaíso

Apesar de a Tropa de Choque ter liberado o trecho da rodovia no DF, manisfestantes continuavam o protesto em Valparaíso, logo depois da divisa do Distrito Federal com Goiás.

A Tropa de Choque usava bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral para tentar dispersar os manifestantes, que corriam entre os veículos (veja vídeo ao lado). Os dois sentidos da rodovia haviam sido fechados, mas, às 11h50, a ligação com o DF havia sido reaberta.

A exemplo do que já haviam feito no trecho da rodovia no DF, os manifestantes fecharam a pista com blocos e pneus e atearam fogo a pedaços de madeira para impedir a passagem de veículos.

Fonte: Portal G1 DF 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: