Toffoli: TSE vota caso Arruda antes da eleição

Toffoli: TSE vota caso Arruda antes da eleição


Em entrevista ao SBT, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), José Antonio Dias Toffoli, afirmou que o Tribunal decidirá sobre o recurso de José Roberto Arruda antes da eleição. Postulante ao governo do Distrito Federal pelo PR, Arruda teve seu registro de candidatura indeferido pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), na última terça-feira, com base na Lei da Ficha Limpa. Preso em 2010 por envolvimento no mensalão do DEM, o ex-governador do Distrito Federal foi condenado em segunda instância por crime de improbidade administrativa em julho. …

Toffoli rebateu a crítica do juiz eleitoral Márlon Reis de que a legislação processual eleitoral brasileira é “muito ruim”. Disse que a Justiça Eleitoral “cassa demais”. “Não podemos sair cassando políticos sem a devida comprovação; senão, nós subtraímos a vontade do eleitor e substituímos pela vontade de um juiz.” O ministro afirmou que foram anulados mais mandatos nos últimos dez anos que durante toda a ditadura militar.

Para o chefe do TSE, as doações de grandes empresas aos candidatos criam “uma relação de intimidade”. “Ninguém dá dinheiro a ninguém sem ter algum tipo de relação de, no mínimo, apoio ou de confiança.” Ele votou a favor da proibição das doações de empresas privadas em julgamento no STF. Um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes adiou a decisão sobre a matéria.

Toffoli comentou ainda sua relação com Eduardo Campos, candidato do PSB à presidência morto em um acidente aéreo na última quarta-feira. “Era um ser humano muito amigo, aqueles que precisam ter na política: pessoas que compõem, que dialogam, que trazem propostas, que trazem temas importantes à discussão. Ele sempre foi uma pessoa muito alegre, muito família. É um momento de muita tristeza. Ele fará falta à política e à nação brasileira.”

Fonte: Por ISABELA HORTA, Blog do KENNEDY ALENCAR 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: