TJ nega pedido de liberdade de João Bosco, caicoense que matou sobrinho no carnaval de 2013 em Caicó


TJ nega pedido de liberdade de João Bosco, caicoense que matou sobrinho no carnaval de 2013 em Caicó



   O Desembargador Glauber Rêgo, do TJ RN, negou nesta quinta-feira, 27, o pedido de habeas corpus impretado por José Bartolomeu de Medeiros Linhares, advogado de João Bosco da Nóbrega Costa, que no carnaval de 2013 matou o sobrinho, Thalys Nóbrega Bezerra, com uma facada aqui em Caicó.
O advogado alegou que Bosquinho, como é mais conhecido, está preso há um ano, tem residência fixa, curso superior, bons antecedentes, ocupação lícita, foi jurado, não tem outros processos contra si, não é envolvido em outros delitos, não é perigoso e não pode permanecer custodiado somente pela repercussão do fato em Caicó,entretanto, o desembargador indeferiu o pedido e o réu continuará preso aguardando julgamento
O CRIME
No dia 10 de fevereiro de 2013, João Bosco Nóbrega da Costa, 48 anos, mais conhecido como Bosquinho, matou o próprio sobrinho, Thalys Nóbrega Bezerra, com uma facada. O crime aconteceu dentro da casa do tio do rapaz que tinha 29 anos. Bosquinho conseguiu fugir enquanto o rapaz era socorrido, mas foi preso dois dias após cometer o homicídio.

Fonte: V&C por Jair Sampaio

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: