Temporal deixa três mortos no Rio Grande do Sul


Menino de 1 ano está desaparecido após desabamento de estufa de fumo no Vale do Rio Pardo

                                   Defesa Civil/Divulgação

“Alagamento em Quaraí (RS)”

PORTO ALEGRE – Dois desastres provocados pelo temporal de segunda-feira, 11, mataram três pessoas e deixaram uma desaparecida no Rio Grande do Sul. Além disso, há 2,9 mil desalojados em diferentes regiões do Estado e prejuízos ainda não calculados em parreirais e pomares da serra do nordeste.

Em Bom Princípio, no Vale do Rio Caí, um deslizamento de terra matou Sabrina Ost, de 19 anos, e a filha dela, Kamily de Oliveira, de sete meses. O companheiro da jovem e pai da criança, Roni de Oliveira, 22 anos, ficou ferido. A casa em que a família vivia foi soterrada pelo deslocamento de terra de um morro próximo, causado pela infiltração de água da chuva que havia caído durante o dia.

Durante a tarde, em Candelária, no Vale do Rio Pardo, uma estufa de fumo desabou e matou Vanusa Nunes. O corpo foi encontrado por volta das 20 horas. As equipes de resgate seguem buscando um filho da vítima, uma criança de um ano e seis meses, que está desaparecida.
http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/temporal-deixa-tr%C3%AAs-mortos-no-rio-grande-do-sul

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: