Sobem para 52 mortos por explosão em oleoduto chinês

O número de mortos na explosão de um oleoduto da petrolífera Sinopec no porto da cidade litorânea de Qingdao, no leste da China, subiu para 52, segundo informações divulgadas pelas autoridades municipais neste domingo (24). Outras 11 pessoas continuam desaparecidas.

De acordo com comunicado publicado na internet pelo governo de Qingdao, a cifra de mortos foi atualizada após equipes de resgate encontrarem mais corpos nos escombros. As explosões, que ocorreram na sexta-feira de manhã, deixaram mais de 130 feridos. Autoridades do porto de Qingdao relataram que o oleoduto sofreu uma ruptura e, enquanto era consertado, pegou fogo e explodiu.

Em um comunicado publicado no sábado, o presidente da estatal Sinopec, Fu Chengyu, se desculpou pelo acidente e disse que a companhia continuará cooperando na investigação das causas da explosão.

Neste domingo, a empresa afirmou que testes feitos no local eliminaram a possibilidade de novas explosões. O petróleo que vazou do oleoduto após o incidente contaminou cerca de 3 mil metros quadrados de água, e 18 mil pessoas tiveram que ser evacuadas, conforme as autoridades.

Também neste domingo, o presidente da China, Xi Jinping, visitou vítimas do acidente que estão internadas em hospitais da região. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.

Fonte: Agencia Estado

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: