Senadores dos EUA pedem que Fifa exclua Rússia da Copa do Mundo

Senadores dos EUA pedem Rússia fora da Copa


Senadores dos EUA pedem que Fifa exclua Rússia da Copa do Mundo
Dois senadores americanos enviaram carta ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, solicitando a suspensão da Rússia como país-membro da entidade

Dois senadores norte-americanos enviaram carta nesta sexta-feira ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, solicitando a suspensão da Rússia como país-membro da entidade, o impedimento da seleção do país de disputar a Copa do Mundo deste ano e a retirada do direito da nação de sediar a edição de 2018 do torneio.

Segundo o jornal “The Wall Street Journal”, Mark Kirk e Dan Coats assinaram juntos o documento, em que citam os estatutos da Fifa que proíbem a discriminação contra qualquer país com base na política ou na origem étnica. No texto, a invasão da Crimeia, na Ucrânia é tratada como violação a soberania de outro país.

Os senadores lembraram no pedido a decisão de punir com suspensão a antiga Iugoslávia, o que resultou na exclusão do país da Eurocopa de 1992 e das eliminatórias para a Copa do Mundo, citando o caso como precedente.


EFE

Senadores americanos pedem que Fifa exclua Rússia da Copa do Mundo

“Desde o momento em que a Rússia mostrou, de maneira similar, a falta de respeito declarada aos princípios fundamentais da Fifa e aos direitos internacionais, esperamos que o senhor esteja de acordo que o país não merece a honra de ser anfitrião da Copa do Mundo ou participar dela”, escreveram os parlamentares a Blatter.

A Rússia está no grupo H do Mundial deste ano, junto com Argélia, Bélgica e Coreia do Sul. Curiosamente, nas oitavas de final, poderá haver cruzamento com a seleção dos Estados Unidos, dependendo do posicionamento das seleções nas suas chaves.

O país foi escolhido sede da Copa de 2018 no dia 2 de dezembro de 2010, superando as candidaturas conjuntas de Portugal e Espanha, Bélgica e Holanda, além da inglesa.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: