SEGURANÇA Policiais vão ‘encher delegacias’

SEGURANÇA
Policiais vão ‘encher delegacias’
PMs iniciaram ‘Operação Padrão’ após acatarem decisão judicial e colocar fim à ‘Operação Tartaruga’

SANDRO ARAÚJO (DEZ 2013)

 
 
Após o fim da operação padrão, policiais prometem reforçar a ação nas ruas


Policiais Militares terminaram com Operação Tartaruga após acatarem a decisão judicial. A Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares do Distrito Federal (Aspra-DF), que estava a frente do movimento, informou que os policiais iniciaram a ‘Operação Padrão’, ou seja, o inverso da “Operação Tartaruga”.

A associação acatou a decisão judicial, após receber notificação do Tribunal de Justiça do DF, ontem (3). “Os policiais ainda lutarão pelas reivindicações, mas sem paralisação”, afirma o sargento Manoel Sansão, vice-presidente da Aspra-DF. Caso houvesse o descumprimento da decisão, a multa seria de R$ 100 mil por dia. Segundo Manoel, foi instalada uma operação contra a criminalidade com abordagem geral em todo o DF. “Vamos encher as delegacias e os depósitos do Detran”, contou.

De acordo com Sansão, a ‘Operação Padrão’ segue até a próxima sexta-feira (7), quando será realizada uma reunião para determinar os novos rumos para garantir as reivindicações. “A PM e os bombeiros têm o menor salário da Segurança Pública do DF”, destacou.

Sansão afirma que ainda não foi procurado pelo Comando Geral da PM e nem pelos assessores do governador para iniciar um diálogo. “O comandante não tem poder para negociar nosso salário. Os policiais não são funcionários dele”, ressaltou.

O vice-presidente da Aspra-DF pontua que a Operação Tartaruga pode voltar depois que a associação recorrer da decisão judicial.

A Operação Tartaruga, deflagrada desde outubro do ano passado, era um protesto dos policiais militares que queriam reajuste salarial. O movimento retardava o policiamento ostensivo para cobrar respostas do governo, como reestruturação da carreira e pagamento de benefícios.

Violência continua

Durante último final de semana (1º e 2) foram registrados 13 homicídios no Distrito Federal – um a mais do que o final de semana anterior, com 12 ocorrências. A violência continuou mesmo depois que o governado do DF afirmou que a operação tartaruga da Polícia Militar tinha encerrado.

Por ordem do comando de segurança, os oficiais estão desde sexta-feira (31/1) nas ruas para repreender a Operação Tartaruga e fiscalizar se os militares estão cumprindo as atividades.
 
Da Redação do Alô

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: