Saiba como burlar o bloqueio do Whatsapp no Brasil

PERNAMBUCOSaiba como burlar o bloqueio do Whatsapp no BrasilAplicativos são capazes de criar redes virtuais privadas e simulam uma conexão de outra localidade

 

Saiba como burlar o bloqueio do Whatsapp no BrasilAplicativos são capazes de criar redes virtuais privadas e simulam uma conexão de outra localidade

 

O app Betternet: Unlimited Free VPN é alternativa para quem não consegue ficar sem Whatsapp. Foto: Google Play/Reprodução

Com a decisão da justiça de São Paulo de bloquear o Whatsapp no Brasil por 48 horas, muita gente começou a procurar alternativas para continuar trocando mensagens com seus amigos. Muitos migraram para outros aplicativos, como o Telegram. Mas há uma maneira de burlar o bloqueio do app e continuar usando a ferramenta normalmente.

As operadoras de internet bloqueiam o uso do aplicativo através dos endereços IPs nacionais. Entretanto, alguns app são capazes de criar redes virtuais privadas e simulam uma conexão de outra localidade. O Betternet: Unlimited Free VPN é um aplicativo que também funciona como extensão do navegador de internet, garantindo o acesso ao Whatspp no AndroidiOS e na versão web do mensageiro.
Saiba como usar a ferramenta
Após baixar o app, na tela inicial, selecione a opção “Conect”. Se alguma autorização for solicitada, faça a confirmação. Espere até a autenticação ser concluída, exibindo um alerta no topo da tela. Quando o escudo ficar azul e sorridente, o seu aparelho estará conectado à VPN e será possível acessar o Whatsapp.

Usuários da versão web do Whatsapp podem baixar a extensão Betternet: Unlimited Free VPN no seu navegador. Após a instalação, acesse “web.whatsapp.com” e tente trocar mensagens com algum contato. Caso não funcione, selecione a extensão e escolha a opção “Conect”. Depois que o processo for concluído, basta recarregar a página.

Entenda o caso
A razão pela qual o WhatsApp teve seu bloqueio determinado pela Justiça é o descumprimento de uma ordem em julho deste ano. O processo corre em sigilo, mas o site oficial do Tribunal de Justiça de São Paulo relata que em 23 de julho, o aplicativo recebeu uma determinação que não foi atendida. Em seguida, a empresa foi mais uma vez notificada no dia 7 de agosto, desta vez com uma multa em caso de descumprimento. Mais uma vez não houve reação do Whatsapp.
Assim, o Ministério Público decidiu por requerer o bloqueio temporário do aplicativo com base no Marco Civil da Internet. A solicitação foi aceita pela juíza Sandra Regina Nostre Marques. A solicitação foi realizada pelo Grupo de Combate às Facções Criminosas (GCF), mas não se sabe qual o crime investigado.

Com a decisão da justiça de São Paulo de bloquear o Whatsapp no Brasil por 48 horas, muita gente começou a procurar alternativas para continuar trocando mensagens com seus amigos. Muitos migraram para outros aplicativos, como o Telegram. Mas há uma maneira de burlar o bloqueio do app e continuar usando a ferramenta normalmente.

As operadoras de internet bloqueiam o uso do aplicativo através dos endereços IPs nacionais. Entretanto, alguns app são capazes de criar redes virtuais privadas e simulam uma conexão de outra localidade. O Betternet: Unlimited Free VPN é um aplicativo que também funciona como extensão do navegador de internet, garantindo o acesso ao Whatspp no AndroidiOS e na versão web do mensageiro.
Saiba como usar a ferramenta
Após baixar o app, na tela inicial, selecione a opção “Conect”. Se alguma autorização for solicitada, faça a confirmação. Espere até a autenticação ser concluída, exibindo um alerta no topo da tela. Quando o escudo ficar azul e sorridente, o seu aparelho estará conectado à VPN e será possível acessar o Whatsapp.

Usuários da versão web do Whatsapp podem baixar a extensão Betternet: Unlimited Free VPN no seu navegador. Após a instalação, acesse “web.whatsapp.com” e tente trocar mensagens com algum contato. Caso não funcione, selecione a extensão e escolha a opção “Conect”. Depois que o processo for concluído, basta recarregar a página.

Entenda o caso
A razão pela qual o WhatsApp teve seu bloqueio determinado pela Justiça é o descumprimento de uma ordem em julho deste ano. O processo corre em sigilo, mas o site oficial do Tribunal de Justiça de São Paulo relata que em 23 de julho, o aplicativo recebeu uma determinação que não foi atendida. Em seguida, a empresa foi mais uma vez notificada no dia 7 de agosto, desta vez com uma multa em caso de descumprimento. Mais uma vez não houve reação do Whatsapp.
Assim, o Ministério Público decidiu por requerer o bloqueio temporário do aplicativo com base no Marco Civil da Internet. A solicitação foi aceita pela juíza Sandra Regina Nostre Marques. A solicitação foi realizada pelo Grupo de Combate às Facções Criminosas (GCF), mas não se sabe qual o crime investigado.

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: