“Rolezinhos” colocam em alerta as autoridades de segurança do DF

Encontros de jovens em shoppings e praças públicas chamam a atenção das autoridades. Para integrante da OAB, movimento está se tornando caso de polícia. Novos eventos estão marcados em São Paulo, no Rio e em Brasília
Julia Chaib

Étore Medeiros

A tensão causada por encontros de jovens de São Paulo em praças públicas e shoppings centers, conhecidos como “rolezinhos”, preocupam as secretarias de Segurança Pública do país. A partir de manifestações combinadas pelas redes sociais na capital federal, o diretor da Polícia Civil, Jorge Xavier, afirmou que a corporação já monitora líderes do movimento.

No último fim de semana, a Polícia Militar conteve manifestantes em um shopping paulista. Três foram presos

Em entrevista ao Correio, ele disse que deve destacar policiais para os centros de compra onde estiverem encontros marcados pelas redes sociais. A reportagem identificou ao menos um evento agendado para o shopping Iguatemi, no próximo dia 25. Xavier, entretanto, afirma que o monitoramento é feito em eventuais protestos organizados para todos os shoppings de Brasília. “Por ora, não tem crime. Mas várias manifestações nos preocupam”, disse Xavier.

Em nota, a assessoria do Iguatemi limitou-se a afirmar que o centro “tem como procedimento padrão atuar para garantir a segurança e a tranquilidade de seus clientes, lojistas e colaboradores visando conforto nas compras, lazer, cultura e entretenimento”. Combinados pelas redes sociais, os rolês reúnem centenas de adolescentes em lugares públicos. Onde vai, normalmente, o grupo canta, dança e fala alto. A manifestação tem sido encarada como protesto das classes menos favorecidas ou, simplesmente, como baderna. Outros quatro “rolezinhos” estão marcados em São Paulo e um no Rio de Janeiro.http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2014/01/14/interna_brasil,407744/rolezinhos-colocam-em-alerta-as-autoridades-de-seguranca-do-df.shtml

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: