Renan diz que seu papel é priorizar investimento público e privado em Alagoas


Renan diz que seu papel é priorizar investimento público e privado em Alagoas
Presidente do Senado participa do lançamento da pedra fundamental da Portobello em Marechal Deodoro

O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), reafirmou, na manhã desta segunda-feira (25), que seu compromisso mais importante com Alagoas é “priorizar o investimento público e privado no nosso Estado, e somar esforços para odesenvolvimento”.

As declarações de Renan foram feitas em pronunciamento durante o lançamento da pedra fundamental da indústria de revestimentos cerâmicos Portobello, empresa catarinense líder no setor na América do Sul, que iniciou a construção de sua unidade fabril no Pólo Industrial de Marechal Deodoro, a primeira fábrica da empresa no Nordeste.

“Eu não conceberia – enfatizou Renan – um presidente do Poder Legislativo nacional que não aproveitasse a circunstância para dar sua contribuição legítima ao desenvolvimento de seu estado”. E emendou: “Alagoas é um estado pobre, mas luta para criar condições de crescimento, e meu papel é este, de somar esforços; para isto estou à disposição de Alagoas em Brasília”.

Renan Calheiros disse que, no Senado Federal, além das leis e emendas constitucionais aprovadas para cumprir a chamada “agenda das ruas”, 2013 está sendo “um ano de aperfeiçoamento institucional”. Citou revisão da Lei da Arbitragem, disse apostar na Lei da Mediação para aliviar a demanda do Poder Judiciário, e enfatizou a necessidade de modenizar o Código Comercial Brasileiro, que data do tempo do Império. “São modernizações legislativas que convergem para tornar o Brasil mais competitivo”, afirmou.

Renan citou várias obras quem são tocadas em Alagoas com recursos federais, inclusive em Marechal Deodoro (na orla lagunar e na Praia do Francês), a duplicação da AL-101 Sul até a Barra de São Miguel e sua futura extensão até o entroncamento da BR-101, em São Miguel dos Campos, e também o compromisso da presidenta Dilma Rousseff de viabilizar a duplicação da AL-101 Norte, de Maceió a Maragogi, com a inclusão da obra no PAC. E reafirmou seu c compromisso de viabilizar o fluxo de recursos federais para prosseguir as obras do Canal do Sertão.

Com investimentos de R$ 200 milhões, a unidade da Portobello será responsável pela geração de aproximadamente 250 empregos diretos e cerca de 750 indiretos. A fábrica vai produzir revestimentos cerâmicos que atenderão à demanda do Nordeste, além de exportar para o mercado internacional, como os Estados Unidos. Com o início da construção ainda este ano, a unidade tem previsão de entrar em operação no primeiro semestre de 2015.

Estiveram presentes no lançamento da pedra fundamental o governador Teotonio Vilela Filho e secretários de Estado, o prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus (PMDB), o presidente-executivo da Portobello, César Gomes Júnior e diretores da empresa, o suplente de senador e conselheiro da Portobello, Fábio Farias – saudado por todos os oradores como um grande incentivador para trazer a unidade para Alagoas –, o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador José Carlos Malta Marques, o presidente da Federação das Indústrias de Alagoas, José Carlos Lyra, e diversas outras autoridades, líderes empresariais, parlamentares, prefeitos e vereadores.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: