Remédios estão em falta na rede pública



Por Thiago Romeiro

Pacientes com doenças crônicas e que necessitam de remédios oferecidos pela rede pública estão tendo muita dificuldade para encontrá-los. Os medicamentos, que são de alto custo e uso prolongado, deveriam ser oferecidos gratuitamente nos Centros de Saúde das regiões administrativas, mas muitos estão em falta desde o início do mês.

Questionada sobre a falta de medicamentos, uma atendente do Centro de Saúde Nº 3 de Sobradinho II contou que vários remédios estão em falta e sem prazo para chegar, pois o GDF não abasteceu os hospitais no mês de fevereiro.

Alto Risco

A dona de casa Zelia Escalante (foto), 62 anos, moradora de Sobradinho, precisa tomar doses diárias de Natrilix, remédio que controla a hipertensão arterial. Todo mês ela vai ao Centro de Saúde Nº 13, na quadra 114 Norte, mas não consegue pegar a medicação. “Já avisei ao meu médico, mas ele disse que não pode fazer nada. A responsabilidade é do governo”, reclama.

Pacientes reclamam que outros remédios estão em falta. Um deles é o Sulfato de Glicosamina, receitado para pacientes que sofrem de artrose.

A ouvidoria da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal comunicou que o paciente que quiser saber sobre o assunto deverá solicitar uma manifestação, e que a resposta pode demorar até 40 dias.

O que a Secretaria de Saúde diz

O GDF, através da sua assessoria de comunicação, informou que o medicamento Indapamida (Natrilix) não está em falta na rede, e que caso o remédio esteja em falta em algum Centro de Saúde, que o paciente se dirija em outra unidade para buscá-lo. Com relação ao Sulfato de Glicosamina, a compra já foi finalizada, e estão apenas aguardando a entrega, que deve ocorrer no máximo até semana que vem. 

Fonte: Redação 

http://blogradiocorredor.com.br/4532/Remedios-estao-em-fala-na-rede-publica-/ 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: