Receitas e segredos desde o tempo da vovó


Comidinha caseira, nada a substitui. Conheça as dicas para preparo do tradicional prato

Verdade seja dita: o sabor de uma tradicional comida caseira não perdeu espaço para o requinte da alta gastronomia. O cheirinho de alho e cebola refogados ao se preparar o básico arroz com feijão remete à infância e faz falta na rotina agitada.

Para o chef Marcelo Vaz, o segredo da comida caseira é a dedicação. “O tempero principal é o amor. Além disso, a comida requer um tempo de preparação maior e sem pressa. Os alimentos demoram para ficar prontos, pois passam por todo o processo de preparação lentamente”, declara.

Segundo ele, o fato de ser caseira não significa que é simples, pelo contrário, o tempero torna a comida bastante chique. A apresentação correta do prato também enriquece. “Aliando dedicação, sabor, boa apresentação e toques especiais para a decoração do prato, a refeição fica linda e sofisticada. Isso porque começamos a comer pelos olhos”, informa Marcelo.

Adeus, invenção

De acordo com ele, o que não pode faltar são os tradicionais arroz, feijão, farofa, bife acebolado, frango caipira, ovo, salada e batata frita. “Não adianta inventar. É apostar no que já aprendemos com as nossas avós e não fugir do propósito. É uma forma simples de cozinhar mesmo”, explica o chef. Para Marcelo, os temperos que não podem faltar é a pimenta de cheiro, alho e cebola.

Segundo ele, a comida caseira foge de temperos industrializados e, por isso, é uma alimentação mais saudável.

Para a merendeira Maria Boreli, o que não pode faltar na cozinha é dedicação. “Estou há 25 anos cozinhando com amor para crianças e não tem quem não goste de uma comida caseira bem preparada e feita na hora”, conta.

Receita:

Picadinho de Mignon ›› chef Marcelo Vaz

INGREDIENTES PARA O PICADINHO

250g de filé mignon em tiras (ponta ou cabeça)

1 colher de sopa de óleo de soja

1 cenoura picada em cubos pequenos

1 cebola picada

6 dentes de alho picado

1 tomate sem pele e sem semente picado

1 talo de salsão picado

1 xícara de chá de champignon fatiado

500 ml de caldo de carne

Sal a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Cheiro verde a gosto

PREPARO

Tempere as tiras de filé com sal, pimenta do reino e dois dentes de alho picados. Coloque em uma panela bem aquecida o óleo e refogue a carne. Depois, acrescente o restante do alho picado, a cebola, a cenoura e o salsão. Refogue bem. Em seguida, acrescente o tomate picado e o champignon. Por fim, adicione o caldo de carne. Reduza o fogo e deixe encorpar com a panela destampada.

INGREDIENTES PARA O ARROZ BRANCO

2 xícaras de chá de arroz cru

1 colher de sopa de óleo de soja

4 dentes de alho picados

Sal a gosto

PREPARO

Refogue o alho em uma panela com o óleo e acrescente o arroz. Continue refogando em fogo baixo até que o arroz mude de cor. Depois, acrescente a água fervente, suficiente para cobrir todo o arroz. Deixe cozinhar com a panela tampada e em fogo baixo. Dica: não acrescente muita água logo no início. Deixe a primeira água secar, verifique a consistência do arroz e, caso necessário, acrescente um pouco mais.

INGREDIENTES PARA A FAROFA DE OVOS

1 xícara de chá de farinha de mandioca

2 ovos caipiras

1 colher de sopa (cheia) de manteiga sem sal

½ cebola picada

Sal a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Cheiro verde a gosto

PREPARO

Em uma frigideira coloque a manteiga. Depois, coloque os ovos e misture-os rapidamente com um garfo. Refogue em outra panela a cebola picada e acrescente os ovos ligeiramente batidos, reduza o fogo e deixe que a mistura de ovos cozinhe. Ainda com a mistura úmida, acrescente a farinha de mandioca e acerte o sal e a pimenta do reino. Finalize com o cheiro verde picado.

INGREDIENTES PARA A BANANA ÀMILANESA

1 banana nanica não muito madura

1 ovo

½ xícara de chá de leite frio

1 xícara de farinha de rosca

Óleo

PREPARO

Em um recipiente bata o ovo com o leite e reserve. Descasque e divida a banana em dois pedaços. Depois, é hora de empanar a banana, passando primeiro na farinha de rosca, depois na mistura de ovo e leite e, por último, novamente na farinha de rosca. Reserve em um prato com papel toalha. Frite em óleo quente até ficar dourada.


Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: