Quem pagará a fatura do lixão Samambaia ou Estrutural. ?

Duas cidades e um dilema “Samambaia” Estrutural.

De um lado samambaia com mais de 40 mil assinaturas recusando o aterro sanitário
A recusa vai de comprometimento de nascentes a derrubadas Indevidas
Já a Estrutural poderá atravessar a maior crise social do Distrito Federal que irá atingir os trabalhadores do lixão que são mais de 2 mil que poderão ficar desempregados.

Muitos sem opção de retorno ao mercado de trabalho um outro fato e a quebradeira no comércio,já que cerca de 40% da economia de nossa cidade vem do lixo. samambaia não querem o aterro sanitário, estivemos na cidade acompanhados do prefeito comunitário da quadra 1.029 do Setor Norte, Délcio Pereira.

Délcio nos levou até as nascentes onde o Governo quer implantar o aterro sanitário passamos também por uma escola que têm mais de 40 anos que será demolida , outra situação que preocupa os moradores e o despreparo da Seops, estivemos em uma chácara que a Seops acapará de demolir mesmo com apresentação de liminar,e com a presença de moradores com documentação comprovando 33 anos que habitam no local, que e o caso do senhor Vicente e sua família .

Cidade Estrutural
Na Cidade Estrutural as opiniões se divergem, uns querem o lixão longe, e outros acreditam que a saída seria industrializar o lixão.
A verdade e que até o momento temos um governo de faz de contar, e quando a crise aumenta o investimento do GDF e apenas em mídia e nessa reta final de governo a esperança de ver a situação de lixão resolvida esta cada dia mais longe .

Opinião de Paulão

  A criação do aterro sanitário em samambaia que irá durar apenas dez anos, na minha opinião só irá gerar gastos, eu concordo com a industrialização do lixo , além de amenizar a especulação imobiliária irá aquecer a nossa economia gerando milhares de empregos, já estivemos com várias empresas internacionais veja o vídeo no site: www.himp.com.br Essa e a solução para o lixão.


Leia mais no Site do Jornal da Estrutural 

About A Politica e o Poder

One comment

  1. nada de lixo em nascentes

%d blogueiros gostam disto: