QUEM FOR PARA O 2º TURNO COM DILMA TEM GRANDE CHANCE’, DIZ AÉCIO

Presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves acredita que segundo turno é cada vez mais inevitável; “As pesquisas que mostram que mais de 70%, em alguns estados como São Paulo mais de 80% da população querem mudanças profundas, certamente, levarão as eleições para o segundo turno”, disse senador, ao comentar pesquisa Ibope; segundo ele, “quem for ao segundo turno com a atual presidente da República, se ela lá estiver, e essa é uma questão que tem que começar a ser avaliada, tem uma grande chance de vencer as eleições”

247 –
O pré-candidato do PSDB à presidência, senador Aécio Neves, acredita cada vez mais em um segundo turno nas eleições. “As pesquisas que mostram que mais de 70%, em alguns estados como São Paulo mais de 80% da população querem mudanças profundas, certamente, levarão as eleições para o segundo turno”, disse o senador, ao comentar o resultado da pesquisa Ibope, divulgada ontem. Levantamento mostrou a presidente Dilma Rousseff com 38% da intenção de voto, Aécio com 22% e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), 13%.

Para Aécio, que esteve nesta quarta-feira 10 no velório do ex-governador do Rio Marcello Alencar, quem for para o segundo turno com Dilma, “tem grande chance” por que “o sentimento é de final de ciclo”. “Acredito que quem for ao segundo turno com a atual presidente da República, se ela lá estiver, e essa é uma questão que tem que começar a ser avaliada, tem uma grande chance de vencer as eleições. O sentimento é de final de ciclo. O governo perdeu a capacidade de ousar, de transformar, de falar ao futuro das pessoas”, afirmou.

O tucano classificou como “patéticas” as participações de Dilma nas convenções nacionais partidárias do PMDB e do PDT nesta terça-feira 9. Nos dois eventos, em que os partidos formalizaram seu apoio à candidatura à reeleição de Dilma em outubro, a presidente bateu duro na oposição, que, segundo ele, possui a “agenda do retrocesso”. Dilma disse ainda, sem citar nomes, que “querem surrupiar” os programas sociais do governo, como o Mais Médicos e o Bolsa Família.

“As participações da presidente da República, ontem, nas convenções em que ela esteve foram absolutamente patéticas. A presidente falando de medo, a presidente culpando a inflação, culpando o baixo crescimento da economia ao papel da oposição. Esquecendo-se de que o passado são eles. O passado desses 11 últimos anos são eles que estão no poder, é PT”, criticou Aécio Neves.

“Se temos um crescimento pífio da economia hoje, uma inflação saindo do controle, uma perda enorme de credibilidade do país, uma ausência de melhoria nos nossos indicadores sociais, a responsabilidade única e exclusiva é do atual governo. Por isso, esse ciclo caminha para terminar. E o PSDB tem a obrigação de se colocar com a alternativa consistente, corajosa, verdadeira para fazer as mudanças que o Brasil precisa”, prosseguiu o pré-candidato tucano. Aécio lembrou que, a partir do próximo sábado, as pessoas já o vão ouvir como candidato formal à Presidência da República. “E vamos falar de propostas. Enquanto eles falarem de passado, vamos falar do futuro. Enquanto eles falarem de medo, vamos falar de esperança para os brasileiros”, atacou.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: