Projeto levará contação de histórias para bibliotecas públicas


Projeto levará contação de histórias para bibliotecas públicas

A multiartista Sabrina Falcão fará 40 apresentações com contos autorais e leitura de autores clássicos

De março a maio, 14 bibliotecas públicas do Distrito Federal serão visitadas pelo projeto de contação de histórias Conto na Brisa. No circuito, a multiartista Sabrina Falcão fará 40 apresentações com três histórias autorais: “O Empório do Seu Francisco”, “A cadela dela” e “O surgimento do Cerrado – o mito”. A iniciativa integra o projeto Biblioteca Viva, da Gerência do Sistema de Bibliotecas Públicas da Secretaria de Cultura (SeCult/DF), e tem patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF).

Destinados ao público jovem e adulto, os contos abordam temas do cotidiano e também questões ambientais, como o surgimento do bioma Cerrado. Durante as apresentações, o público poderá escolher outras histórias em um “cardápio” com textos de autores clássicos da literatura. Conto na Brisa tem como objetivo despertar o interesse pela leitura e fortalecer o resgate e a valorização da tradição oral, perpetuada pelos contadores de histórias.

O projeto também busca contribuir com o acervo das bibliotecas públicas e sensibilizar os usuários sobre a conservação das obras. Em todas as edições, o público poderá fazer a doação de livros ou outras publicações, como revistas e quadrinhos. Mesmo voltada ao público jovem e adulto, as histórias do projeto têm classificação indicativa livre e toda a programação tem entrada franca.

Conto na Brisa conta com a parceria do Coletivo Síndrome Criativa, do projeto Bibliotecas do Cerrado, do Plano do Distrito Federal do Livro e da Leitura e do Sistema de Bibliotecas Públicas do Distrito Federal.

HISTÓRIAS

O Empório do Seu Francisco – As prosas cotidianas, o movimento da cidade e o perfil simples e acolhedor dos donos de quitanda são o pano de fundo para essa história. Seu Francisco é um exemplo de poeta anônimo, do tipo que é amigo íntimo da criatividade. No Empório de Seu Francisco pode-se falar de tudo, menos da vida alheia.

A cadela dela – Em meio a uma família padrão da sociedade urbana, a protagonista dessa história é a única que ainda tem tempo: a cadela vira-lata abandonada. Sua dona mete os pés pelas mãos, mas não se desfaz da única companhia que lhe dá verdadeira atenção. Para evitar a solidão, ambas, dona e cadela, se tornam parceiras inseparáveis.

O surgimento do Cerrado, o mito – A história retoma a atmosfera de autores fantásticos para falar da transformação da floresta engolidora de homens atrevidos. Em uma metamorfose lenta e longa, a Floresta virou Cerrado, e o homem virou bicho. No enredo, é a personalidade dos elementos da natureza que ajuda a modelar o bioma Cerrado.

A CONTADORA


Sabrina Falcão é multiartista. Nascida em São Paulo (SP), é radicada em Brasília desde 2001. Suas criações envolvem diferentes linguagens, como poesia, performances cênicas, contação de histórias, artes plásticas e música. Ainda na infância, brincava com os sons, as cores e as palavras, descobrindo na poesia o início da sua trajetória como artista. A partir de 2010, começa a se apresentar em saraus, bares e cafés do Distrito Federal, declamando poemas autorais, integrados a performances cênicas que incluem o uso de instrumentos musicais de sopro – a ocarina e a escaleta. Sabrina Falcão é também educadora ambiental. Nessa área, utiliza a contação de histórias como ferramenta educativa para desenvolver a sensibilização do indivíduo social. Possui histórias autorais voltadas ao público jovem e adulto, além de interpretar contos infantis.

PROGRAMAÇÃO

Em cada dia, as bibliotecas visitadas receberão duas apresentações, às 10h e às 14h.

11/03: Biblioteca Pública Machado de Assis – Taguatinga (CNB 01)

13/03: Biblioteca Pública do Itapoã (Quadra 61, AE )

18/03: Biblioteca Pública da Ceilândia (QNN 13, Módulo B)

20/03: Biblioteca Pública de Samambaia Norte (QS 407/409)

25/03: Biblioteca Pública de Brazlândia (AE 04, Veredinha)

27/03: Biblioteca Pública de Planaltina (Rua João Quirino, Quadra 40, Lote 1/3)

01/04: Biblioteca Pública de São Sebastião (Quadra 101, AE)

03/04: Biblioteca Pública Lúcio Costa – Recanto das Emas (Quadra 302, Lote 06)

08/04: Biblioteca Pública Machado de Assis – Taguatinga (CNB 01)

10/04: Biblioteca Pública do Gama (Salão de Múltiplas Funções, Setor Central, Praça 02)

15/04: Biblioteca Pública Monteiro Lobato – Santa Maria Norte (EQ 215/315)

17/04: Biblioteca Pública Carlos Drummond – Santa Maria Sul (EQ 204/205)

22/04: Biblioteca Braille Dorina Nowill – Taguatinga (CNB 01, AE 01)

24/04: Biblioteca Nacional de Brasília (Setor Cultural Sul)

29/04: Biblioteca Pública da Ceilândia (QNN 13, Módulo B)

06/05: Biblioteca Pública de Samambaia Norte (QS 407/409)

08/05: Biblioteca Pública Machado de Assis – Taguatinga (CNB 01)

13/05: Biblioteca Pública do Recanto das Emas (Quadra 805, AE)

15/05: Biblioteca Pública do Gama (Salão de Múltiplas Funções)

20/05: Biblioteca Pública Machado de Assis – Taguatinga (CNB 01)

SERVIÇO

Projeto Conto na Brisa – Contação de Histórias

Local: Bibliotecas Públicas do Distrito Federal

Data: De março a maio de 2014

Horário: apresentações às 10h e às 14h

Classificação indicativa: Livre

Entrada: Franca

Informações: 61 9347.7748

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: