Preso suspeito de amarrar e matar paraibano a facadas em Pipa

Os policiais militares do Pelotão de Pipa e policiais civis daquela área agiram rápido e conseguiram prender o suspeito de ter matar o paraibano Fabrício Pinheiro da Silva, de 31 anos. O crime foi registrado no início da manhã desta quinta-feira (16) e a vítima foi amarrada e esfaqueada várias vezes. O homem preso teria confessado, de acordo com a polícia.

O tenente Daniel, oficial do Pelotão de Pipa, confirmou a prisão e disse que Crislando Dias dos Santos, de 19 anos, alegou legitima defesa. “Ele declarou que o homem teria entrado em sua residência para assaltar e ele reagiu. Porém, a gente não sabe se essa versão é verdadeira, pois existe a suspeita de acerto de conta pelo tráfico”, comentou o oficial.

Assassino confesso, Crislando foi levado para a Delegacia da Polícia Civil para ser autuado em flagrante delito. Além dele, os policiais prenderam um homem conhecido pelo nome de Carlinhos, que teria auxiliado Crislando na morte de Fabrício Pinheiro. Este suspeito, no entanto, negou qualquer participação no crime.

“Mesmo assim ele foi detido, tendo em vista que Crislando apresentou muitos detalhes da ocorrência. Ele revelou que os dois teriam amarrado a vítima e agredido com pedras e desferido vários golpes de faca, inclusive, no rosto do homem”, destacou o tenente Daniel. Fabrício Pinheiro, que era natural de Campina Grande, morava pelas ruas de Pipa e, de acordo com a própria polícia, era suspeito de alguns roubos naquela área.
Receptação e tráfico de drogas
Durante as diligências para tentar localizar os suspeitos do homicídio, os policiais do Pelotão de Pipa acabaram realizando outros dois flagrantes. Dois homens, que ainda não tiveram os nomes divulgados, foram presos pelos crimes de receptação e tráfico de drogas.
Fonte: Portal BO

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: