Presidente nacional do PT reclama que foi maltratado por Roseana Sarney


Por Raimundo Garrone

  Rui Falcão, presidente nacional do PT, desabafou com companheiros de partido a respeito da forma agressiva com que foi tratado em reunião com Roseana Sarney (PMDB). Em evento realizado em Fortaleza (CE) na semana passada, Falcão afirmou que nunca foi tão maltratado em toda a sua vida, como foi pela governadora do Maranhão.
Em evento que reuniu a militância petista do Ceará para discutir as alianças do PT e a conjuntura nacional, Rui Falcão falou sobre a péssima recepção que teve no Maranhão pela governadora Roseana Sarney.
“O caso do Maranhão. Eu confesso a vocês que em toda minha vida eu fui tão maltratado durante quase meia hora pela governadora do Maranhão,” desabafou com os petistas cearenses.


Rui Falcão continuou a falar sobre a péssima recepção que tem por parte da governadora, afirmando que, por questões partidárias, não tornou público seu descontentamento com Roseana Sarney: “Claro que a gente tem responsabilidade e não podia dizer publicamente. Mas eu estava com vontade de dizer. Mas, isso antes do episódio das Pedrinhas (sic)”.
O presidente nacional do PT deixou escapar as críticas à governadora em reunião aberta com membros do PT cearense. Durante o debate sobre alianças, Falcão falou sobre o caso do Maranhão e afirmou que ainda vai analisar com muita cautela como o PT se posicionará no estado.
A reunião aconteceu na quinta (16 de janeiro) no auditório da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Ceará e contou com a presença do presidente nacional do PT, Rui Falcão e membros do Diretório Estadual do PT-CE. A reunião foi acompanhada pela imprensa local.

A insatisfação de Rui Falcão reflete a forma inapropriada que o grupo Sarney trata seus aliados. Falcão não deixou claro em que momento aconteceu o episódio da discussão entre o presidente do PT e a governadora Roseana Sarney aconteceu.

Insatisfação partidária e desaprovação do governo
Desde o fim das eleições internas no PT para definir os diretórios nacional e estadual, Rui Falcão começa a dar declarações que demonstram insatisfação do partido com o governo Roseana, que vem caindo nas avaliações feitas com a população.
A última pesquisa Exata divulgada pelo Jornal Pequeno revelou que 77% da população de São Luís desaprova o governo Roseana Sarney (PMDB). Fatores como este estão sendo levados em considerações pela cúpula petista nacional para avaliar a possibilidade de permanecer com a aliança com o PMDB no Maranhão.

Em novembro de 2013, Rui Falcão começou a dar pistas de que quer se desvencilhar do grupo Sarney no Maranhão. Pela primeira vez desde que o PT interveio no Maranhão para apoiar a família Sarney, o presidente do PT afirmou que pode não apoiar o candidato do PMDB nas eleições de 2014.
“Há uma tendência muito forte de um setor da nossa militância de apoiar o Flávio Dino. E há também um setor que quer apoiar a Roseana Sarney, do PMDB, para o Senado. Talvez essa possa ser uma solução salomônica se a militância do Maranhão assim entender,” disse Rui Falcão durante entrevista ao jornal O Globo.

No Maranhão, a situação do PT ainda não foi definida. A eleição foi marcada por denúncias de compra de voto por parte do então vice-governador, Washington Luis, que apoiou a chapa de Raimundo Monteiro para a presidência do PT estadual.
Monteiro disputa com Henrique Sousa o comando do partido no Maranhão. Monteiro defende a permanência da aliança PT-PMDB no Maranhão; Sousa é a favor de candidatura própria para governador e faz críticas à subserviência do PT ao partido da governadora.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: