Presidente do Botafogo diz que acordo com patrocinador é legal


Maurício Assumpção diz não temer que o clube sofra sanções da justiça
‘O Botafogo fez tudo dentro da lei. Não fizemos nada que não pudéssemos’, garantiu o dirigente

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, disse que todo o acordo com a TelexFree foi feito dentro da lei Botafogo / Divulgação

RIO – O presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, garantiu total legalidade e transparência na negociação com a nova patrocinadora do clube, a TelexFree Internacional. Apesar de a diretoria e seu departamento comercial estarem sendo questionados e criticados pela assinatura do contrato com uma empresa que está impedida de atuar no Brasil, o dirigente afirmou que tudo foi feito dentro da lei, e, que, portanto, não tem com o que se preocupar.

– Quando fomos procurados pela TelexFree internacional, com a possibilidade de termos esta empresa na nossa camisa, acionamos jurídico, que fez todas as considerações. Como estávamos fechando e fizemos um contrato através da sede deles em Miami, todos os trâmites legais sendo efetuados, o dinheiro entrou no Brasil por um banco, não há nada a se esconder. O Botafogo fez tudo dentro da lei. Não fizemos nada que não pudéssemos – afirmou Mauricio Assumpção, em entrevista coletiva em Saquarema, onde o Botafogo está realizando pré-temporada.

Desde junho do ano passado, em ação do Ministério Público do Acre, a patrocinadora do Botafogo está proibida de atuar no Brasil, acusada de pirâmide financeira. Mesmo com a versão de Mauricio Assumpção, a promotora do Ministério Público do Acre, Alessandra Garcia Marques, afirmou em entrevista a uma rádio nesta semana, depois do anúncio do acordo, que o clube carioca pode sofrer consequências graves devido ao contrato de patrocínio firmado com a TelexFree Internacional.

Segundo a promotora, os governos do Brasil e dos Estados Unidos estão em contato para investigar as ações da empresa nos Estados Unidos. Mauricio Assumpção disse que a postura de Alessandra Marques é natural, mas voltou a destacar a legalidade total da parceria.

– Preocupação da promotora é válida, pois ela tem a preocupação com as questões que ela está resolvendo no Acre, mas não vejo nenhum tipo de problema para o Botafogo, tudo foi feito corretamente, por meio do Banco Central, estamos tranquilos. Tudo foi feito de forma legal como tem sido feito pelo Botafogo em negociações internacionais, como na venda de jogadores – disse Assumpção, garantindo ainda que a torcida do Botafogo tem entendido o negócio feito com os americanos:

– Pelo que tenho acompanhado nas redes sociais e pelo que os meus assessores têm me falado, a torcida do Botafogo tem entendido e a própria juíza disse que, se fez com a empresa internacional, não há nada de irregular – finalizou.

© 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.




About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: