Prazos paras as coligações partidárias.

Os candidatos ao governo do Distrito Federal serão definidos até o fim de semana. O PT e o PMDB realizam convenções no domingo com a chapa praticamente acertada. O governado
r Agnelo Queiroz (PT) será candidato à reeleição, repetindo a dobradinha com o peemedebista Tadeu Filippelli.

O petista Geraldo Magela concorrerá ao Senado, mas falta a definição do nome dos suplentes de senador. O PR se reunirá também na manhã de domingo, no ginásio Serejinho, em Taguatinga. Durante o encontro, será oficializada a candidatura do ex-governador José Roberto Arruda ao Palácio do Buriti.

A legenda de Arruda fará uma convenção conjunta com outros partidos, como o PTB, o PMN e o DEM, o que reforça a possibilidade de uma aliança entre essas legendas. O grupo está embalado pela decisão da Justiça que adiou o julgamento de Arruda em segunda instância que poderia deixá-lo inelegível em caso de condenação.

A principal expectativa do encontro é com relação à escolha do nome do candidato a vice-governador na chapa de Arruda.

Entre os cotados, estão o ex-deputado federal Jofran Frejat, também do PR, e a deputada federal Jaqueline Roriz (PMN). O nome da deputada distrital Eliana Pedrosa (PPS) também é cotado. O PPS fará uma convenção própria no sábado de manhã para definir se a parlamentar concorrerá ao governo e em qual chapa. Também no sábado, tucanos se encontram no auditório do Crea, na Asa Sul, para oficializar a candidatura de Luiz Pitiman ou a desistência.

O tucano se reuniu ontem com o presidente regional, Eduardo Jorge Caldas Pereira, e o nacional, o senador Aécio Neves, candidato ao Palácio do Planalto. Mas a decisão final sairá no sábado.

Dúvidas

A cinco dias do prazo final para a realização de convenções partidárias, a maioria das legendas vai realizar os encontros ainda sem definições essenciais, como as coligações e alianças para a disputa majoritária. Na tarde de ontem, os filiados ao PSD se reuniram para anunciar o nome dos candidatos a deputado distrital e federal, mas ainda sem fechar qual concorrente ao governo terá o apoio do partido.

No fim de semana, o ciclo de convenções será encerrado, mas as legendas devem aguardar até 5 de julho, prazo final para registro de candidaturas na Justiça Eleitoral, para decidir os detalhes das alianças.

Uma das principais dúvidas do meio político é com relação ao candidato que terá o apoio do PSD e do Solidariedade. Os dois partidos formaram uma aliança para as eleições proporcionais, mas ainda não bateram o martelo sobre as majoritárias. Juntos, eles têm quase três minutos na propaganda eleitoral gratuita na tevê, o que é alvo de cobiça dos candidatos ao GDF.

O PSD definiu ontem durante a convenção que a decisão ficará nas mãos da executiva. Ou seja, a cúpula local da legenda terá liberdade para escolher o nome. A expectativa é de que o anúncio seja feito até o fim de semana. O encontro reuniu quase 600 pessoas no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados.

Apesar de a executiva nacional ter acertado apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff, o presidente regional do PSD, Rogério Rosso, explicou que a dobradinha não terá que se repetir no DF. “O (Gilberto) Kassab nos deu carta branca para que formássemos a coligação mais favorável aos planos do partido, que é eleger uma expressiva bancada de deputados federais”, acrescentou Rogério Rosso.

O presidente regional do Solidariedade, Augusto Carvalho, espera uma definição sobre a disputa majoritária até amanhã à noite, quando a legenda realiza sua convenção local. “Eleger candidatos nas proporcionais é nosso grande objetivo e a aliança tem que ser boa para todos. Não aceitaremos entrar apenas com nosso tempo de tevê sem a perspectiva de eleger deputados”, explicou Augusto.

Próximas convenções regionais:


PRB
Domingo, as 09:h, no auditório da câmara legislativa  do DF

Solidariedade

 Amanhã, às 19h, no Hotel Imperial, no Setor Hoteleiro Sul

PRTB
 Amanhã, às 15h, na sede da Legião da Boa Vontade (LBV)

PSDB
Sábado, às 9h, no Crea, na 901 Sul

PPS 

Sábado, às 9h, no auditório da Câmara Legislativa

PT 

Domingo, às 9h, na Praça do Trabalhador, em Ceilândia

PMDB
Domingo, às 8h, no auditório da LBV, na 915 Sul

PR, DEM, PTB, PR, PMNDomingo, às 9h, no ginásio Serejinho, em Taguatinga
Correio Brasiliense.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: