PP deve dar apoiar a candidatura de Arruda

Uma série de convenções marcará, de hoje a domingo, definições cruciais para as candidaturas a governador do Distrito Federal. Nos partidos ainda indefinidos, a tensão maior ocorre no PP, que integra a base do governador Agnelo Queiroz, mas tem tudo para apoiar o ex-governador José Roberto Arruda. Tanto Agnelo como Arruda serão aclamados candidatos no domingo, em três convenções diferentes, uma do PMDB, outra do PT e uma terceira conjunta, dos arrudistas PR, PTB, PMN e DEM.

PO-2014Vice-presidente regional do PP, o ex-vice-governador Paulo Octávio admite que há uma forte tendência para o apoio a Arruda. Grande parte dos convencionais deve assumir essa posição. Embora a direção nacional do PP tenha sacramentado apoio à presidente Dilma Rousseff, também foi assegurada liberação às seções estaduais para decidirem seu destino.

Resultados previsíveis – As convenções dos principais partidos da situação ocorrem no domingo, em locais diferentes. O resultado prático das reuniões de PT e PMDB é previamente conhecido: apoio às candidaturas do governador Agnelo Queiroz e do vice Tadeu Filippelli à reeleição, e o deputado Geraldo Magela, que ainda não tem suplente anunciado, para senador. Essas são as convenções onde menos se esperam surpresas.

Apesar dos rumores sobre uma retirada, a direção do PSDB reitera que o deputado federal Luiz Pitiman é, sim, candidato ao governo do DF. O presidente regional, Eduardo Jorge, garante que não existem dúvidas. “Essa discussão (sobre a candidatura de Pitiman) só existe na imprensa. Nós nunca consideramos desistir. Eu e Aécio Neves estivemos reunidos quarta para tratar apenas das coligações. Vamos ter o 45 aqui sob qualquer circunstância”, disse, avisando que as conversas sobre alianças estão intensas e que só haverá veredito no último minuto do prazo.

No domingo, também ocorre a convenção conjunta de PR, PTB, PMN e DEM. A candidatura do ex-governador José Roberto Arruda já é certa, mas o que ainda é aguardado é o anúncio do vice na chapa.

Assim como a irmã e o pai Joaquim Roriz, a deputada federal Jaqueline Roriz (PMN) integra a coligação e chegou a ser citada como vicee. O senador Gim Argello (PTB) subiu no palanque de Arruda em um evento do PR na quarta-feira. Lá também estavam o presidente regional do DEM, Alberto Fraga e os ex-deputados Laerte Bessa e Doutor Charles.

Paulo Octávio reconhece tendência

O ex-vice-governador Paulo Octávio (PP) integrou o governo Arruda, entre 2007 e 2010. Hoje vice-presidente do partido e com forte influência sobre os convencionais, confirma a tendência para apoiar José Roberto Arruda. O PP tem o quinto maior tempo de rádio e televisão. Apesar de estar oficialmente na base do governo Agnelo, o PP deve romper a aliança nesse fim de semana. A legenda ainda estaria dividida entre continuar com o PT e se juntar ao PR. A bancada na Câmara também rachou. O distrital Paulinho Roriz é sobrinho do ex-governador Joaquim Roriz, uma das lideranças da chapa de Arruda. (Por Daniel Cardozo, Jornal de Brasília)

A hora de cada um

Sexta

PRTB: às 15h, no auditório da LBV, na 916 Sul

Sábado

PHS, PTdoB, PEN e PSL: às 9h, no auditório da LBV, na 916 Sul

PPS: às 9h, na Câmara Legislativa

PP: às 10h, na sede do partido, Setor de Rádio e TV Sul

PSDB: às 9h, no auditório do CREA, 901 Sul

Domingo

PMDB: às 8h, no auditório da LBV, na 916 Sul

PR, PTB, PMN e DEM: às 9h, no ginásio Serejinho, em Taguatinga

PT: às 9h, na Praça do Trabalhador, ao lado da Administração de Ceilândia

http://blogs.maiscomunidade.com/blogdocallado/#sthash.ytnPxeOb.dpuf

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: