Portais jornalísticos investem em blogs para aumentar audiência


Postado por Moisés Tavares Escrito por Nathália Carvalho
O ano de 2013 nem terminou e, pelo menos, 100 novos blogs foram lançados nesses meses. O investimento nítido feito pela imprensa tem motivo: ampliar o conteúdo e aumentar a audiência. O Comunique-se conversou com quatro veículos que começaram o ano com projetos voltados para o online e descobriu quais foram os resultados alçados até o momento. Estadão, Carta Capital, R7 e GQ Brasil, que somados são responsáveis por colocar no ar 69 novas páginas, falaram, também, sobre planos para 2014.
“Hoje, os blogs são tratados como extensão de conteúdo do Estadão”, enfatiza o editor-executivo de conteúdos digitais do Grupo Estado, Luiz Fernando Bovo. De acordo com ele, 25 colunas digitais foram lançadas em 2013. Mas, para melhorar a audiência, foi preciso, inclusive, se desfazer de algumas. “Retiramos muitos blogs que não eram atualizados, incrementamos a lista com novos e passamos a trabalhar as redes sociais”.

Diversidade de conteúdo e audiência são pontos positivos para quem investe em blogs (Imagem: Reprodução/newtheologicalmovement)Bovo conta que, atualmente, 4% da audiência registrada pelo site do Estadão vêm dos blogs, que são escolhidos de acordo com critérios como afinidade com a política editorial do jornal. “Entendemos que os blogs agregam conteúdo de qualidade, ampliando e diversificando a oferta de conteúdo numa linguagem estritamente digital”. Até o fim deste ano e o começo do próximo, novas apostas serão feitas pelo grupo.

Quinze novas páginas foram lançadas pelo site de Carta Capital de maio até agora. O mês cinco marcou, também, a ida de Lino Bocchini para o veículo, que criou o cargo de editor de mídia online para receber o jornalista e reforçar o investimento. Por lá, os resultados podem ser comemorados: os blogs representam quase a metade da audiência do site. “Estamos indo na contramão, investindo e conseguindo bons resultados”, comenta o editor.
Bocchini diz que conteúdo vindo dos blogs possui o mesmo tratamento que as reportagens e que a experiência tem sido positiva. Ele explica que não há equipe suficiente para falar de todos os assuntos e, neste ponto, as páginas administradas pelos colaboradores são essenciais. “Todos os espaços lançados pela Carta tem curadoria, as pessoas que escrevem levam o nome da revista para mais lugares e conseguimos conversar com público muito maior”. Em 2014, a ideia é que seja colocado no ar um primeiro blog bilíngue do veículo.


Diretor geral do R7, Antonio Guerreiro afirma que a Record tem no DNA o investimento no online. Neste ano, foram 21 blogs lançados com a proposta original que deu vida a outros espaços: interagir com leitores e investir no relacionamento deles com as pessoas que fazem a marca. “Temos mais de 100 blogs e o resultado em audiência é bastante significativo. Mas, evidentemente, o grande ganho é na variedade de conteúdo e ponto de vista”, avalia o executivo.

Guerreiro ainda conta que cerca de 14% das visitas do R7 vêm dessas páginas. O executivo anuncia que o site é aberto a ideias. “Todos podem lançar blogs no nosso site, basta ter coisas interessantes para falar”.
O início de julho registrou o lançamento do primeiro blog da versão online da revista GQ Brasil. Editora digital, Erin Mizuta afirma que o investimento não foi somente para conquistar audiência. “Alguns temas eram de interesse do nosso público, mas não tinham força ou gancho suficiente para gerar uma matéria. Além disso, outros assuntos pediam uma abordagem mais subjetiva e analítica”.

Todas as páginas da GQ Brasil, oito no total, são assinadas por integrantes da redação. “A ideia era que o blog fosse uma voz da redação, uma linha mais direta e pessoal com o leitor. É um projeto que foi bem acolhido por todos, que pesquisam, entrevistam e se dedicam para falar sobre os assuntos que mais gostam com propriedade”. Atualmente, aproximadamente 3% da audiência do site vêm dos blogs.

Todos os veículos concordam que, além de bons resultados numéricos, a possibilidade de ter diversidade de conteúdo e opinião é um dos principais ganhos para quem investe nessas plataformas.

Fonte:Comunique-se .Com

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: