Polícia confirma que ossada encontrada em Planaltina é de Antônio Araújo


Antônio Araújo estava desaparecido há cerca de seis meses, em Planaltina

A Polícia Cvil do Distrito Federal confirmou, nesta segunda-feira (9/12), que a ossada encontrada em Planaltina, em novembro deste ano, é do auxiliar de serviços gerais Antônio de Araújo, desaparecido há cerca de seis meses após uma ação policial.

Depois que a ossada foi encontrada, o diretor da Polícia Civil do Distrito Federal, Jorge Xavier, informou que seria realizado um exame de DNA e da arcada dentária para confirmar a suspeita.
Leia mais notícias em Cidades

O auxiliar de serviços gerais foi visto pela última vez no dia 27 de maio de 2013. Um dia após o desaparecimento de Antônio, um policial procurou a família e informou que ele esteve na delegacia no dia anterior por tentativa de roubo.

De acordo com o irmão da vítima, Antônio teria tentado entrar na chácara de um policial militar, que chegou a atirar duas vezes, mas não o acertou. Na versão do PM, dono da chácara, um homem foi visto rondando a propriedade, mas não houve tiro e ele não percebeu que era Antônio.

Na época, segundo a delegacia da região, Antônio teria sido levado para a 31ª DP, em Planaltina, mas como não havia provas do crime e ele não tinha passagens pela polícia, acabou sendo solto.

 
Fonte: Correio Braziliense.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: