PMDB prevê retorno dos protestos na Copa do Mundo

Foto:Divulgação

   O presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp (RO), avalia que devem retornar, “com força”, na Copa do Mundo de 2014, em junho, os protestos de rua de 2013 e geraram queda brusca na popularidade da presidenta Dilma. “Serão 50 mil pessoas dentro do estádio, contra 16 milhões de cariocas do lado de fora”, exagera Raupp, sobre a gravidade a que podem chegar as manifestações nas cidades-sede.

Para Valdir Raupp, só a ação violenta dos Black Blocs – reprovada pela população – podem inibir os protestos em meio à Copa do Mundo.

A preocupação com novas manifestações atormenta não só o Planalto como governos estaduais, que temem ser prejudicados nas eleições.


Informações gmail.com.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: