PMDB E SOLIDARIEDADE PROPÕEM CPMI PARA INVESTIGAR ALICIAMENTO DE MANIFESTANTES



    O PMDB e o Solidariedade pretendem criar uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para investigar a atuação dos chamados black blocs. A proposta de CPMI foi apresentada hoje (18/02) pelo líder do Solidariedade na Câmara dos Deputados, Fernando Francischini (PR). De acordo com Francischini, o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), encampou a iniciativa. Se for instalada, a comissão parlamentar investigará se pessoas estão sendo aliciadas para promover quebra-quebra durante manifestações nas ruas.

Os partidos que propõem a CPMI querem saber se existe aliciamento, quem alicia, quem financia os jovens, quem fornece a eles marretas, máscaras e capuz ir às manifestações “e destruir tudo o que estiver pela frente”, conforme explicou Francischini. Para ele, há manifestantes pagos infiltradas nos protestos.

Francischini disse que a proposta já obteve apoio de dez partidos na Câmara. Com isso, o Solidariedade espera concluir rapidamente na Câmara a coleta das 171 assinaturas necessárias para a instalação da CPMI. Segundo o deputado, além do PMDB e do Solidariedade, endossaram o pedido de investigação os líderes do PR, PP, PSDB, DEM, PPS, PSD, PDT, PSC e PTB e da Minoria. No Senado, é preciso colher 27 assinaturas para que a comissão parlamentar seja instalada.

Agência Brasil

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: