Plano de Atenção ao Idoso é lançado no DF

André Carvalho, da Agência Brasília

Foto:Dênio Simões/GDF
Durante cerimônia, governador também inaugurou novo espaço da Secretaria do Idoso e o Disque Idoso, serviço telefônico pelo 156

BRASÍLIA (12/12/2013) – O governador Agnelo Queiroz lançou nesta quinta-feira (12), o Plano de Atenção ao Idoso do Distrito Federal e o Disque Idoso, (156 – opção 8), além de inaugurar o novo espaço da Secretaria do Idoso, que funcionará, a partir de agora, na Estação do Metrô – 112 Sul.

O objetivo do plano é criar uma série de ações voltadas para melhoria da qualidade de vida das pessoas com mais de 60 anos nas áreas de assistência social, saúde, esporte, educação e outras especialidades.

“Hoje é um dia muito especial, pois é com essas ações que o GDF está mostrando a atenção que tem com a população idosa. Este plano é uma política que envolve outras secretarias, onde as metas estão em andamento e outras ainda serão implantadas”, destacou o governador Agnelo Queiroz.

Para Cândida Souza, de 75 anos, as ações do GDF são “uma grande conquista para todos nós da terceira idade” e que o governador “tem se empenhado em nos proporcionar melhorias”.

Em 2013, o serviço de ouvidoria da pasta registrou, na capital federal, 200 denúncias de violência verbal e física. Segundo o secretário do Idoso, Ricardo Quirino, a implantação do Disque Idoso vai reforçar esta ação, recebendo em um mesmo canal denúncias de maus-tratos, ameaças, abandono material, reclamações e sugestões de fiscalização.

“Hoje, o idoso do DF tem valor e está sendo respeitado. Esta ação do GDF é um desejo de muitos anos, o que mostra o compromisso do governador com a população idosa”, enfatizou Quirino.

O novo espaço tem com 15 salas, e abrigará assessoria jurídica, psicólogos, assistente social e ouvidoria, com atendimentos diários das 9h às 18h. O espaço ainda terá um Conselho do Idoso e profissionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que irão tirar dúvidas sobre diversos assuntos.

“Nunca sofri ameaças, mas conheço pessoas que passaram por isso, problemas familiares. Agora com esta ação do governo vai facilitar na hora de denunciarmos. Nós idosos precisamos de respeito”, concluiu José Almeida, 68 anos.

(A.C/J.S)

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: