Piora o estado das rodovias brasileiras




CNT
Piora o estado das rodovias brasileiras
Pioraram as condições das rodovias brasileiras, segundo pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgada ontem. Pelo estudo, 62,7% das estradas estão regulares, ruins ou péssimas para o tráfego. Ano passado, esse percentual era de 57,4%. …
Para a CNT, a piora é resultado de falta de investi- mentos na área. “A manutenção do cenário afastará cada vez mais o Brasil de seus concorrentes internacionais, postergando o desenvolvimento e o crescimento econômico”, diz o documento da entidade.
Ao todo, 95.707 mil quilômetros de rodovias em to- do o território nacional foram inspecionados pela CNT, incluindo toda a ma- lha federal (65.273 quilômetros), e trechos estaduais (30.434 quilômetros).
De acordo com a CNT, a pior estrada do país liga as cidades goianas de Rio Verde e Iporá (GO-174), sob responsabilidade do governo de Goiás. O Acre (38% do total), Roraima (25,3%) e Amazonas (22,5%) concentram as piores estradas.
No estudo, os técnicos investigaram as condições do pavimento, sinalização e geometria das estradas.
O asfalto foi considerado bom ou ótimo em 54,1% dos trechos. Se o critério é sinalização, 33,8% foram considerados ótimos ou bons. Os trechos ruins ou péssimos, nesse quesito, somam 35,7%.
A pesquisa aponta que rodovias sob concessão apresentam as melhores condições: 86,7% estão em ótimo estado.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: