PF recebe 12 mandados para prender condenados no mensalão

Advogado de Genoino confirma o recebimento da ordem de prisão e deputado vai se entregar à sede da PF em SP

A Polícia Federal em Brasília confirmou nesta sexta-feira (15) o recebimento dos 12 mandados de prisão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A expectativa é que todos os réus se apresentem espontaneamente à polícia.

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia mais: Advogado de José Genoino confirma mandado de prisão

Renan Truffi/iG São Paulo

Genoino se entrega na sede da PF em São Paulo; STF expediu os mandados de prisão

A defesa do publicitário Marcos Valério, operador do mensalão, disse ao iG que discute agora como ele irá se entregar. O advogado do deputado licenciado José Genoino, Luiz Fernando Pacheco, confirmou a ordem de prisão e o petista chegou à sede da Polícia Federal em São Paulo às 18h20. O ex-ministro José Dirceu está em casa, em Vinhedo, interior de São Paulo, acompanhado da família e também deve se entregar hoje.

O presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, determinou na tarde desta sexta-feira (15) o trânsito em julgado do processo do mensalão para 16 réus, entre eles Dirceu, Genoino e Valério. Mas nem todos esses réus tiveram o mandado expedido.

Defesa: Advogados dizem que condenados do mensalão vão se entregar

Barbosa encerra processo do mensalão para 16 réus e emite mandados de prisã

Os condenados no mensalão começam a cumprir as penas entre os regimes fechado, semiaberto, aberto e alternativas. Como relator do caso, Barbosa usou a prerrogativa de decidir sozinho os casos dos réus e das penas em que não há mais possibilidade de recurso, sem necessariamente submeter essa análise aos demais ministros da Corte.

Veja a lista dos réus que têm mandado de prisão:

– Regime fechado:

1. Henrique Pizzolato, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil

2. Marcos Valério, operador do mensalão

3. Cristiano Paz, ex-sócio de Marcos Valério

4. Kátia Rabello, ex-presidente do Banco Rural

5. Ramon Hollerbach, ex-sócio de Marcos Valério

– Regime fechado, mas que inicialmente será semiaberto

6. José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil PT

7. Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT

8. Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Valério

– Regime semiaberto:

9. Romeu Queiroz, ex-deputado (PTB)

10. Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL (atual PR)

11. José Genoino, ex-presidente do PT

– Regime semiaberto, mas que será cumprido como aberto

12. Bispo Rodrigues, ex-deputado (PL, atual PR)

Com Agência Estado


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: