Pastor da Igreja Mundial é preso por estelionato

Pastor da Igreja Mundial é preso por estelionato


Ele comprava empresas e assumia empréstimos altos para em seguida abandonar os sócios e não quitar as dívidas.

por Leiliane Roberta Lopes

Policiais da Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes (Dise) de São Bernardo (SP) prenderam nesta quarta-feira (24) um pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus que está sendo acusado de estelionato, formação de quadrilha e sonegação fiscal.

Identificado como Valdeci Marques de Oliveira, o homem de 39 anos estava atuando como pastor há três anos e, segundo as investigações, ele contava com o apoio de seus irmãos caçulas, Waldemir Marques de Oliveira, 29, e Pedro Marques de Oliveira, 28, como comparsas dos crimes.

A polícia investigou que Valdeci comprava empresas que estavam à venda e as colocava em nome de laranjas. Para lucrar com elas, ele pegava empréstimos de valores altos e sem condições de pagar fechava as empresas ou as abandonava.

A dívida do grupo passa de R$3 milhões de acordo com informações do Diário do Grande ABC que conseguiu conversar com uma das vítimas do quadrilha, que contou que recebeu R$40 mil de rescisão e foi orientado pelo pastor a investir em uma churrascaria no Centro na cidade.

A vítima diz que não tinha acesso ao caixa da empresa e que o acusado estava sempre com um advogado e um contador que chegou a dizer que colocaria a empresa no nome de outra pessoa. Foi aí que a vítima começou a suspeitar do pastor.

As investigações começaram e identificaram 12 empresas que pertenciam a Valdeci, não só em São Bernardo como também em alguns bairros da capital paulista. Os empréstimos chegavam em até R$500 mil reais, muitos deles ficaram para os sócios quitarem.

A Polícia também percebeu que além das empresas o grupo trabalhava revendendo carros, pelo menos 40 automóveis foram revendidos por Oliveira que lucrava com os valores do financiamento que dobrava o preço de tabela do carro.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: