Passageiros revoltados incendeiam ônibus


Passageiros revoltados incendeiam ônibus Ao informar os passageiros de que a empresa não forneceria outro ônibus para completar o itinerário, os usuários se revoltaram.

Renan Bortoletto
Especial para o Jornal de Brasília

 
Um grupo de cinco passageiros ateou fogo em um ônibus em frente o Estádio Nacional Mané Garrincha ontem, por volta das 19h30. De acordo com o motorista da empresa Taguatur, Djalma Rodrigues Araújo, 48 anos, a embreagem do veículo quebrou e causou revolta nos passageiros.


“Fui obrigado a encostar quando percebi que o ônibus quebrou. Liguei para a central da empresa e pedi outro veículo, mas fui informado de que não seria possível”, disse. O ônibus saiu da rodoviária de Brasília e seguia destino para Águas Lindas, em Goiás.

Ao informar os passageiros de que a empresa não forneceria outro ônibus para completar o itinerário, os usuários se revoltaram.

“Quebraram os vidros com pedras e colocaram fogo no ônibus com isqueiro, jornal e folhas de coqueiro”, relatou o motorista. Apesar da ação, ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros chegou minutos depois no local e controlou as chamas antes mesmo que elas se alastrassem. “Conseguimos conter o fogo antes dele atingir o tanque de combustível, caso contrário poderia haver uma explosão”, disse o sargento do Corpo de Bombeiros, Raul Alves. Ninguém foi preso.

Um ônibus da Viação Anapolina também pegou fogo na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia). Segundo testemunhas, o fogo começou no motor e as chamas se espalharam pelo interior do veículo.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: