Paciente vindo da Espanha é isolado em UPA no DF com sintomas de ebola

Paciente vindo da Espanha é isolado em UPA no DF com sintomas de ebolaebola-liberia-bomi

Ele está internado em Sobradinho; Vigilância Epidemiológica acompanha.
Resultados de exames devem levar pelo menos 24 horas para sair.

 Raquel MoraisDo G1 DF

Um paciente vindo da Espanha foi isolado na Unidade de Pronto Atendimento de Sobradinho, noDistrito Federal, nesta quarta-feira (17) com sintomas compatíveis com ebola. Ele passou por exames, que devem levar pelo menos 24 horas para confirmar a doença.

 

EBOLA

De acordo com a Secretaria de Saúde, a equipe de Vigilância Epidemiológica acompanha o caso. O paciente apresenta outras enfermidades, que não foram descritas pela pasta (veja íntegra da nota abaixo). Todos os profissionais que prestam socorro ao homem estão equipados com luvas, máscaras, avental e gorro.

O ebola é uma doença infecciosa grave provocada por um vírus. Os sintomas iniciais são febre de início repentino, fraqueza intensa, dores musculares, dor de cabeça e dor de garganta. Em seguida, aparecem vômitos, diarreia e sangramentos internos e externos. Ela é transmitida pelo contato direto com os fluidos corporais da pessoa infectada: sangue, suor, saliva, lágrimas, urina, fezes, vômito, muco e sêmen. Não há risco de contaminação pelo ar.

Em outubro de 2014, ocorreu na Espanha o primeiro caso de transmissão de ebola fora da África na mais recente epidemia da doença. A paciente era uma profissional de saúde, que foi tratada e se recuperou.

O país não teve nenhum outro caso de transmissão e foi declarado livre da doença pela Organização Mundial da Saúde em 2 de dezembro.

Atualmente, só continuam ocorrendo casos de infecção por ebola na Guiné e em Serra Leoa. A Libéria, um dos países mais afetados pela epidemia, foi declarada livre da doença no mês passado.

Maior epidemia
O mundo vive a pior epidemia da doença, que teve início com a infecção de uma criança na Guiné em dezembro de 2013: mais de 11 mil pessoas morreram e quase 27 mil foram infectadas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. A maior parte dos pacientes está em países da África Ocidental.

Não há remédios específicos para tratar o ebola. Existem terapias experimentais, como a transfusão de sangue de pacientes que se curaram do ebola, e drogas em teste como ZMapp, TKM-Ebola, Brincidofovir e BCX4430. Nenhum desses métodos passou por todas as fases de pesquisa necessárias para aprovação.

O Brasil não registrou casos da doença. Segundo o Ministério da Saúde, o risco de transmissão no país é considerado baixo. Brasília registrou uma única suspeita: um comissário de bordo panamenho foi internado no final de 2014 em um hospital particular da Asa Sul com febre e náuseas. Exames comprovaram que ele tinha uma infecção intestinal.

O GDF chegou a anunciar no ano passado dispensa de licitação para compra de 2,3 mil kits para atender pacientes com ebola. O pregão foi cancelado. Os protetores faciais com viseira flexível, óculos de proteção, botas de PVC, macacão impermeável, avental de napa e saco vermelho para coleta de resíduo hospitalar ficariam disponíveis no Hospital Regional da Asa Norte, considerado de referência.

Veja nota da Secretaria de Saúde:
“A Secretaria de Saúde informa que um paciente de origem espanhola deu entrada na UPA de Sobradinho, nesta quarta-feira (17), apresentando alguns sintomas característicos da doença Ebola. No entanto, o mesmo apresenta outras patologias.

Por precaução, a pasta tomou todas as medidas previstas no protocolo do Ebola e o paciente encontra-se isolado até que saia o resultado do exame de sorologia, que pode demorar, no mínimo, 24 horas. A equipe de vigilância epidemiológica foi notificada e acompanha o caso.

Todos os profissionais que tratam do paciente estão devidamente equipados com os itens de segurança, tais como luva, máscara, capote e gorro.”

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2015/06/paciente-vindo-da-espanha-e-isolado-em-upa-no-df-com-sintomas-de-ebola.html

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: