O que diz patrão de Dirceu: “Competente ele é, não é?”

Dono do hotel brasiliense Saint Peter, o empresário Paulo Abreu foi assediado durante todo o dia para explicar como se tornou patrão do petista José Dirceu. Também proprietário do Grupo Mundial de Comunicação, Paulo Abreu contou que estava em busca de um diretor administrativo. “Eu me divido entre Brasília, Rio e São Paulo. Precisava de alguém para me substituir, porque viajo muito. E competente ele (José Dirceu) é, não é?”, disse Paulo Abreu. O empresário falou em sua preocupação com a ressocialização do petista Dirceu. “O que eu entendo é que todo mundo tem direito de trabalhar. No caso dele, isso é ainda mais importante”, afirmou. Questionado sobre se foi o renomado advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, Kakay, quem lhe pediu para empregar Dirceu, Paulo Abreu desconversou: “Ficamos sabendo da possibilidade de ele trabalhar com a gente.”

Fonte: Blog do Felipe Patury


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: