No 1º teste, PSB-Rede obtém 3% dos votos em eleição na Grande São Paulo

No 1º teste, PSB-Rede obtém 3% dos votos em eleição na Grande São Paulo
Antigo aliado do DEM, candidato adota discurso da ‘nova política’, mas fracassa em Santana de Parnaíba

A aliança entre o governador Eduardo Campos e a ex-ministra Marina Silva derrapou em seu primeiro teste nas urnas. Na eleição para prefeito realizada nesse domingo, 2, em Santana do Parnaíba, município da região metropolitana de São Paulo, o candidato do PSB, Magno Mori, ficou em terceiro lugar na preferência dos eleitores, com apenas 3,3% do total do votos.

O vencedor, com 68,3%, foi o candidato do PSDB, Elvis Cezar. A segunda posição coube a Silvinho Peccioli, (25,7%), que representava uma ampla aliança de partidos, entre os quais se alinhavam PT, DEM e PC do B.

Essa foi a primeira vez que o PSB, tradicional aliado do DEM na cidade, decidiu lançar candidatura própria e desde o início já sabia que as chances de Mori eram pequenas. Na reta final da campanha, porém, ele tentou virar o jogo e transformar a eleição numa espécie de símbolo da aliança nacional entre Marina e Campos. Para isso conseguiu até a participação da ex-senadora, que gravou um vídeo de apoio ao candidato do PSB.

Os eleitores de Santana do Parnaíba voltaram às urnas porque o candidato eleito em 2012, Antonio da Rocha Marmo Cezar (PSDB), teve a candidatura indeferida pela Lei da Ficha da Limpa. O candidato eleito agora, o vereador e presidente da Câmara, Elvis Cezar, é filho dele.

Santana do Parnaíba tem 72.446 eleitores registrados. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 57.016 compareceram às urnas ontem. Também foram realizadas eleições ontem em outras nove cidades, em seis Estados. Em todas elas os pleitos anteriores foram anulados pela Justiça Eleitoral. / COLABOROU ISADORA PERON 
 
Roldão Arruda – O Estado de S.Paulo

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: