Neymar apanha muito, Bernard marca seu 1° gol, e Brasil goleia Honduras em Miami


Nem parecia amistoso. Os jogadores brasileiros, especialmente os ‘novatos’ Victor, Willian e Robinho, entraram em campo querendo mostrar serviço para ganhar pontos na corrida à Copa de 2014…


Mowa Press

Jogadores comemoram o quinto gol da seleção, marcado por Hulk

Nem parecia amistoso. Os jogadores brasileiros, especialmente os ‘novatos’ Victor, Willian e Robinho, entraram em campo querendo mostrar serviço para ganhar pontos na corrida à Copa de 2014. Os hondurenhos tentaram impressionar a sua torcida, maioria no Sun Life Stadium, em Miami. Neymar sofreu na pele, literalmente, a gana do adversário. Foram três cartões amarelos somente por faltas no atacante do Barcelona. E a seleção de Felipão goleou Honduras por 5 a 0 no primeiro dos três últimos amistosos antes do Mundial que jogará dentro de casa.

Mowa

Bernard marcou o primeiro gol do Brasil contra Honduras e o primeiro dele pela seleção

Estiveram presentes 71.124 pessoas, segunda a organização da partida, o maior público de um jogo de futebol na história do estado da Flórida. Os protestos organizados nesta semana durante jogos das séries A e B do Campeonato Brasileiro não se repetiram em Miami. Em entrevista à Rádio ESPN, o zagueiro Edu Dracena, do Santos, revelou que o movimento Bom Senso FC entraria em contato com líderes da seleção para propor que uma ação parecida fosse feita neste sábado.

Xodó de Scolari e presença certa na Copa, Bernard fez o seu primeiro gol com a camisa verde-amarela para inaugurar o placar no primeiro tempo. Dante, Maicon, Willlian e Hulk ampliaram na etapa final. Foi o primeiro gol de Hulk desde que o atual treinador assumiu o cargo, há quase um ano.

Entre os quatro testados por Felipão, Victor, candidato à vaga de terceiro goleiro do time, não falhou, e o veterano Robinho, de volta à seleção após dois anos, distribuiu bons passes pela ponta direita e por pouco não fez um gol: acertou a trave. Willian marcou o seu, e Marquinhos entrou no final.

A equipe brasileira permanece em Miami até segunda-feira, quando viaja a Toronto, Canadá, para na próxima quarta-feira enfrentar o Chile. Honduras, já classificada à Copa, pega o Equador, também na quarta, em Houston, Estados Unidos.

O amistoso final da seleção será disputado em 5 de março, contra a África do Sul, na casa do rival. Em 7 de maio sai a convocação para a Copa do Mundo.

O jogo

Honduras dominou o início do jogo até Neymar dar uma mostra da sua categoria aos 14 minutos. O atacante aplicou um chapéu em adversário na entrada da área e deixou Bernard na cara do gol pela esquerda. O ex-atleticano cruzou, e na sequência Paulinho quase fez 1 a 0.

Sete minutos depois, Paulinho roubou bola pela direita e tocou para Bernard empurrar para a rede. Dessa vez ele não desperdiçou. Foi o primeiro gol de Bernard pela seleção. Méritos para Paulinho, que comandava o meio-campo brasileiro, ao lado de Neymar. O astro do Barcelona não se limitou ao lado esquerdo do ataque e com frequência voltou à defesa para armar o jogo. Sofreu bastante com as duras pancadas dos marcadores hondurenhos. Da zaga, David Luiz surpreendia o adversário com lançamentos precisos.

Felipão colocou em campo já no intervalo duas das novidades desta convocação, Willian e Robinho. Victor, outro atleta convocado para ser testado, começou como titular.

O que não mudou foram as faltas violentas em Neymar. Em menos de cinco minutos, Bernárdez e Boniek se juntaram a Palacios, todos amarelados por infrações em cima do brasileiro, que respondia provocando com dribles e firulas. Ele sofreu oito faltas em pouco mais de uma hora em campo.

O segundo gol da seleção saiu aos nove minutos. Neymar cruzou falta da direita, Dante cabeceou e contou com dois desvios para superar o goleiro Bodden. O terceiro saiu dos pés de Maicon, aos 20, com a meta aberta após rebote de finalização de Paulinho. Willian fez o quarto em seguida concluindo no meio da área toque de Hulk, que definiu em belo gol, com direito a toques de calcanhar de Ramires e Robinho antes do arremate final.

FICHA TÉCNICA

HONDURAS 0 X 5 BRASIL

Local: Sun Life Stadium, em Miami (Estados Unidos)

Data: 16 de novembro de 2013, sábado

Horário: 22h30 (de Brasília)

Árbitro: David Gantar (CAN)

Público: 71.124 torcedores

Cartões amarelos: Wilson Palacios, Víctor Bernárdez e Bonieck García (Honduras); Maicon (Brasil)

Gols: Bernard, aos 21 minutos do primeiro tempo; Dante, aos nove, Maicon, aos 20, Willian, aos 24, e Hulk, aos 28 minutos do segundo tempo

HONDURAS: Noel Valladares, Arnold Peralta, Víctor Bernárdez (Juan Pablo Montes), Maynor Figueroa e Emilio Izaguirre (Juan Carlos García); Bonieck García (Andy Najar), Jorge Claros, Wilson Palacios (Edder Delgado) e Roger Espinoza (Marvin Chávez); Carlo Costly e Jerry Bengtson (Jerry Palacios)

Técnico: Luis Fernando Suárez

BRASIL: Victor, Maicon, David Luiz (Marquinhos), Dante e Maxwell (Lucas Leiva); Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Ramires); Neymar (Hulk), Bernard (Willian) e Jô (Robinho)

Técnico: Luiz Felipe Scolari


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: