‘Nenhuma prisão vai prender minha consciência’, diz Dirceu

O ex-ministro José Dirceu afirmou nesta sexta-feira (15) à Folha que a prisão não vai abatê-lo nem tirá-lo da vida política. “Eu não vou me dobrar. Eu vou continuar lutando. Nenhuma prisão vai prender a minha consciência.”

Dirceu deu a afirmação por telefone de sua casa, em Vinhedo (a 100 km de São Paulo). Ele está na cidade esperando as definições do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre como serão efetivadas as prisões dos réus do mensalão.

O ex-ministro foi condenado por formação de quadrilha e corrupção ativa, que juntos dão mais de dez anos de pena e demandam o regime de prisão fechado. Como o crime de formação de quadrilha está sob embargo, o advogado José Luis de Oliveira, que defende Dirceu, pretende pedir prisão domiciliar ou regime semi-aberto. “Todos os recursos judiciais cabíveis serão propostos”, disse.

Com ele estão as três ex-mulheres e os quatro filhos –Zeca Dirceu, Joana, Camila e Antonia. O ex-ministro não quis dar entrevista. Mas fez um rápido desabafo.

“O que eu não posso aceitar é essa coisa medieval, de inquisição. Não basta as pessoas serem condenadas, elas têm que ser linchadas? Como é que publicam a foto da minha filha de 3 anos nos jornais? Isso é proibido em qualquer lugar do mundo, é o direito de uma menor”, disse ele, referindo-se a uma fotografia divulgada por jornais e sites em que ele aparece na praia ao lado de sua filha, Antonia, na Bahia.

Fonte: Folha de São Paulo

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: