Não é tempo de ficar brincando de debater eleição, diz Campos


Política

GOVERNADOR
“Não é tempo de ficar brincando de debater eleição”, diz Campos
Eduardo assinalou que o momento é de ‘deseleitoralizar’ o discurso

JOSÉ ACCIOLY, do Blog da Folha
Embora setores do PSB ligados ao governador do Ceará, Cid Gomes, e de seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes, venham cobrando coerência do partido no que tange à construção de uma candidatura, em 2014, o presidente nacional dos socialistas, o governador Eduardo Campos, disse, nesta segunda-feira (26), que o momento é de ‘deseleitoralizar’ o discurso e ajudar a presidente Dilma Rousseff (PT) a enfrentar a crise econômica. E mais: em recado que parecia ter endereço certeiro, o líder do PSB arrematou que o “tempo” não é para ficar brincando de debater eleição”.

“Fazer uma debate eleitoral agora é encurtar o mandato da presidente Dilma. Nunca vi ninguém estar no governo e apressar o debate eleitoral”, disparou Eduardo Campos. “A regra que se coloca é quem estar com tarefa de governar, faz o debate eleitoral o mais perto possível das eleições. Por isso, em respeito ao próprio ano duro que está tendo o país, aos desafios da presidente Dilma, temos todo o interesse que ela acerte e vá bem. Não é tempo de ficar brincando de debater eleição porque temos muita coisa séria para cuidar. Não se pode brincar com a crise, temos que construir a unidade do Brasil”, sublinhou o presidente nacional do PSB.

Eduardo Campos lembrou que, em 2010, quando seu partido discutia o lançamento de uma candidatura própria, as opiniões dos irmãos Cid e Ciro Gomes acabaram não prevalecendo sobre a maioria, culminando com a queda no ensaio empreendido pelo ex-ministro. “Em 2010, a gente enfrentava um debate no partido que não era opinião de Cid ou Ciro”, recordou o dirigente socialista.


Blog da Folha

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: