Mulheres agridem e cortam cabelos de duas adolescentes e multidão assiste tudo revelando o perfil de muitos brasileiros


No estado do Espírito Santo, adolescentes são humilhadas, surradas e têm cabelos cortados em praça pública


O vídeo que está sendo compartilhado na rede social traz uma cena que chama a atenção da sociedade: duas adolescentes apanham, são humilhadas e têm os cabelos cortados em plena praça pública. O absurdo aconteceu em meio a uma plateia que nada faz para impedir as agressões.

Um vídeo que está circulando na internet tem chamado a atenção dos moradores de Linhares, Norte no estado do Espírito Santo. As cenas envolvem garotas (com aparência de adolescentes) em um ato de violência e constrangimento. As imagens foram feitas na praça do bairro Interlagos II, o maior da cidade, na noite de terça-feira (03). O vídeo é curto, tem apenas 1 minuto e 33 segundos de duração, mas a imagens assustam pela frieza no comportamento das jovens.

A guerra coliseu brasileiro acontece quando as garotas vem chegando à Praça e em que uma menina é arrastada pelos cabelos e agredida com tapas até um banco. Elas sentam em um banco, onde ocorrem as torturas com socos, chutes e ameaças. As mulheres batem nas jovens, sentam elas em um tipo de banco de praças e promove a humilhação e pancadaria, contam os cabelos das moças enquanto outros adolescentes filma tudo zombam das meninas.

O que impressiona é o fato de pessoas filmarem a cena, achar graça e dar a entender que quer ver mais. Ao redor delas algumas pessoas riem e até debocham, dizendo: “vixe, cortou igual árvore… vai demorar pra crescer hem”. Depois de cortar os cabelos das meninas, a jovem deixa um recado: “agora você não mexe comigo mais não, viu?”.


O motivo das agressões, conformeinformação, seria uma desavença por causa do tráfico de drogas. Segundo o delegado Walter Barcelos, chefe da Delegacia Regional de Linhares, nenhuma ocorrência sobre o caso foi registrada, mas afirmou que o vídeo está sendo analisado e que a Polícia Civil irá investigar o caso.
Pelo que se nota, dá nojo de ver uma coisa dessas , humilhante, não sei de quem me dá mais nojo se é as vagabundas em ação de covardia ou dos inúteis que acham bonito e ficam com celulares filmando tudo sorrindo da situação em vez de acudir as jovens ou chamar a PM e seus parentes.

Na verdade isso é ausência de base familiar. Não importa o que elas fizeram, quem deveria as corrigir é a família, quem esse povo acha que é pra fazer justiça comas próprias mãos? E outra, cadê os amigos dessas meninas para avisarem a família delas? Ai é que você vê que nenhum daqueles que estavam ao redor, eram amigos de verdade.


O jovem que publico o vídeo em seu perfil no Facebook tem fotos mostrando que o ECA tem que ser refeito, ele aparece tomando bebida alcoólica ao lado de amigos em baile funk, ainda publicou o vídeo e compartilhou em marcação com uma professora.
Atitude como essa demonstra que são todos animais irracionais e vão passa a vida inteira na miséria da selvajaria por terem esse tipo de comportamento revelando serem pobres macacos que não saíram da caverna inda.

Mais um caso explícito de banalização da violência. O ser humano continua tão primitivo quanto nos primórdios! A cena do vídeo abaixo revela que depois de anos que partimos da Idade Média para os tempos modernos o ser humano continua nas trevas.
Veja o vídeo:

Adolescentes são agredidas e têm o cabelo cortado em praça pública, no Interlagos II. Veja o vídeo:

Blog do Gari Martins da Cachoeira

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: