Mulheres administram bem a família e os negócios


Mulheres administram bem a família e os negócios
Estudo mostra que número de empreendedoras vem crescendo no País

Por Michele Roza / Fotos: Thinkstock e Divulgação

Conciliar bem as atividades pessoais e profissionais é uma característica da mulher empreendedora. Apesar de ainda não ser maioria entre os empresários brasileiros, ela apresenta qualidades que contribuem muito para a gestão de um negócio, pois é mais determinada, colaboradora, atenciosa, detalhista, intuitiva e corajosa.

Uma mulher moderna que constitui família sem abrir mão da carreira pode encontrar muitos desafios frente a tantos compromissos diários. Por isso, uma tendência que vem despontando no mercado de trabalho é a migração da profissional do cargo de funcionária para empresária, empreendedora, dona do próprio negócio. Assim, conseguem administrar melhor o tempo.

“Como empresárias, elas conseguem conciliar melhor o trabalho com os cuidados da casa e dos filhos”, destaca Luiz Barretto, presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), órgão que elaborou o “Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas”.

Há 18 anos trabalhando com recolocação profissional e gestão de carreira, a diretora-geral do Instituto Professional de Coaching, Madalena Feliciano (foto ao lado), de 40 anos, mãe de cinco filhos e avó de uma neta, apostou, nos últimos anos, em cursos de formação que a levaram a alcançar os benefícios que teria como empreendedora, tendo a chance de conciliar a carreira e a vida pessoal.

“Conciliar vida profissional, estudo, maternidade e marido é no mínimo desafiador. Investi fortemente em desenvolver habilidades para gerir um negócio, criei coragem pautada em um planejamento seguro e encarei essa nova jornada. Após 1 ano como empresária, sou mais feliz e tenho a admiração de familiares, clientes e colaboradores. Hoje, posso investir em novos projetos, lazer em família, educação para os meus filhos com mais segurança. Afinal, o resultado do meu mês depende de mim e das minhas ações”, conta Madalena.

Segundo o anuário do Sebrae, aproximadamente 40% das mulheres empreendedoras são chefes de família e 70% delas têm ao menos um filho. Ainda segundo o estudo, 41,3% das empreendedoras têm menos de 40 anos, enquanto 52% têm entre 40 e 64 anos.

Mais qualidade de vida

Não é à toa que de cada 10 empresas no Brasil, três são comandadas por elas. O crescimento de mulheres empreendedoras no País, em 10 anos (de 2001 a 2011), foi de 21,4%, enquanto o dos homens foi de 9,8%.

Jovens mulheres também estão buscando novas oportunidades no mercado de trabalho, visando manter a saúde dos negócios em dia, sem descuidar dos compromissos pessoais e com a família.

A empresária Ana Augusta Blumer (foto ao lado), de 32 anos, é especialista em reestruturação da área de hotelaria nos hospitais. Há alguns anos, estava em na posição mais alta da sua área e sabia que não teria perspectivas de crescimento e nem novos desafios depois daquela fase. Então, passou a investir o salário que recebia em seu emprego, para profissionalizar o blog que já fazia havia 2 anos. Abriu uma empresa e formalizou a atividade.

“Com dedicação total à minha empresa, trabalho a partir de casa e, administrando o tempo de maneira adequada, posso usufruir de melhor qualidade de vida, tempo com a família e me dedicar a trabalhos voluntários. É possível conciliar bem a vida familiar e os negócios, com disciplina, organização e noção de prioridades. Quando empreendemos, podemos empenhar mais força (tempo e dedicação) em trabalhos que trarão retorno financeiro e maior flexibilidade de tempo como consequência”, completa Ana.

Você também quer obter sucesso no que faz? Participe da “Nação dos 318”, onde você poderá mudar sua visão sobre a sua vida profissional. Saber aproveitar as novas ideias ajuda a superar crises financeiras, realizar sonhos e alcançar os objetivos da carreira. O encontro acontece todas as segundas-feiras, às 22h, na Universal, em todo o Brasil.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: