MP pede investigação a juiz que executou penas do mensalão De acordo com o MPDF,

MP pede investigação a juiz que executou penas do mensalão De acordo com o MPDF, Ademar Vasconcelos foi omisso ao descumprir regras e procedimentos no sistema prisional

Diego Abreu

O juiz titular da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos, poderá ser investigado pela Corregedoria do Tribunal de Justiça do DF em função de sua atuação na fase inicial de execução das penas dos condenados no processo do mensalão. O Ministério Público do DF encaminhou ao tribunal um documento, assinado por seis promotoras, pedindo que a conduta do magistrado seja apurada. Por ordem da cúpula do TJDF, Vasconcelos deixou de atuar na linha de frente das execuções relativas à Ação Penal 470, em 22 de novembro, uma semana depois de os primeiros réus do mensalão terem sido presos.

A assessoria de imprensa do TJDF confirmou ao Correio que a Corregedoria do órgão recebeu um pedido para que a conduta de Ademar Vasconcelos seja investigada. O tribunal limitou-se a informar que o caso correrá em sigilo e que tramitará “conforme a Resolução nº 135 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)”. A norma regula os procedimentos administrativos disciplinares aplicáveis aos magistrados. O Ministério Público, por sua vez, informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Segundo o ofício do MPDF, o juiz Vasconcelos foi omisso ao descumprir regras e procedimentos no sistema prisional. As promotoras acusam o magistrado ainda de ter feito “juízo depreciativo” das decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e de te colocado em risco a saúde do ex-deputado José Genoino, que ficou preso no Complexo Penitenciário da Papuda, entre os dias 16 e 21 de novembro, quando foi autorizado a cumprir provisoriamente internação hospitalar ou domiciliar.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: