Morre taxista baleado em posto de combustível


Morre taxista baleado em posto de combustível

De acordo com a família, taxista morreu após contrair uma infecção hospitalar

Morreu nesse domingo (8) o taxista que foi baleado na madrugada no dia 20 de maio, na quadra 409, da Asa Sul. De acordo com a família, ele faleceu após contrair uma infecção hospitalar. 

Geraldo Alves foi abordado durante uma corrida por três bandidos. Assustado, o taxista pediu socorro em um posto de combustível. Ao reagir, a vítima foi baleada com três tiros.

Os assaltantes conseguiram fugir em um carro que que dava cobertura. O taxista foi encaminhado para o Hospital Base do Distrito Federal (HBDF) onde passou por cirurgia e permaneceu inconsciente. Até o momento, os bandidos não foram presos.

O taxista será velado no Cemitério do Gama, a partir das 15h. O sepultamento está marcado para às 17h.

Segundo caso em um mês

Este é segundo ataque a taxista neste mês de maio. No último dia 11, adolescentes mataram um taxista na plataforma inferior da Rodoviária do Plano Piloto.

A vítima, de 63 anos, foi atingida por facadas e morreu próximo ao local do crime, quando fugia.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: