Meu estimulante é a Iris’, diz Silvio Santos sobre vida sexual



SÃO PAULO – Silvio Santos é uma figura singular. Na entrevista dada à revista ‘Veja São Paulo’, desta semana, fica claro que o maior comunicador da TV brasileira tem sucesso há décadas por entender bem o seu público.

De hábitos simples, o apresentador contou um pouco de sua rotina e seus gostos.

Confira abaixo os principais trechos.

Rotina em Orlando

Acordo por volta das 8h30, me visto e ando na máquina (esteira) por setenta minutos. Depois vou tomar banho e desço para o andar de baixo umas 11h30. Só então vou comer alguma coisa. Não tenho fome quando acordo. Aliás, não sinto fome. Eu nunca almoço. Também nunca fui de comer a cada três horas, como os médicos pedem. Eu e a Iris vamos ao mercado todos os dias e, à noite, vemos filmes ou seriados. Adoro o Netflix.

Fã de ‘Breaking Bad’

Vi recentemente 54 capítulos de ‘Breaking Bad’, além de todos os de ‘House of Cards’ e ‘Orange Is the New Black’. De filmes, assisti nesta semana a ‘Miss Simpatia 2’, com a Sandra Bullock, e outro com o Al Pacino cujo nome não lembro… Levo a vida mais comum e simples do mundo.

Câncer

Sofri uma batida aqui na perna direita que acabou originando um câncer de pele, então meu médico fez uma incisão. Não fiquei internado nem nada, fui até o consultório do doutor Miguel (Srougi), ele deu uma anestesia e tirou o tumor. Isso foi há três meses. Voltei a andar na esteira todo dia aqui em Orlando. Agora estou com outra ferida na mesma perna; não sei ainda o que é.

Próstata

No dia 4 de julho do ano passado, tirei a próstata. Ainda está pingando urina sem eu querer. Estou com raiva. Tenho de usar uma cueca especial que é um espetáculo. Não é fralda, tem um tecido que absorve o líquido. É comprada aqui nos Estados Unidos.

Vida sexual

Não tomo [remédios para ter relações sexuais]. O meu remédio é a minha mulher.

Sonhos aos 83 anos

Não tenho sonhos. Quero continuar vivendo até quando der. Como sei que vou morrer, quero morrer sem ir para o hospital. Não chega a ser um sonho, mas uma coisa que desejo. Aos 83 anos, sei que posso embarcar a qualquer momento.

Sem arrependimentos

Não me arrependo de nada. Eu posso dizer que não levei a vida, a vida é que me levou. Eu nunca fiz planos. Até virei candidato à Presidência da República (em 1989) sem premeditar. Cheguei a São Paulo em 1954, fiz rádio e televisão. Adoro trabalhar.

Religião

Só rezo no dia do perdão judaico, o Yom Kippur. Vou à sinagoga uma vez por ano, portanto. Frequento a sinagoga dos judeus egípcios, nos Jardins. Não importa a religião, mas é importante se comunicar. Deus me deu muita sorte. Eu vou ser enterrado em campo hebreu. Meu pai falou e eu cumpro: rezo por ele todo dia do perdão. É uma incumbência que tenho do meu pai.

Nada de Primeira Classe

Eu não jogo dinheiro fora. As passagens de primeira classe são muito caras. Por que vou andar na primeira classe se ela é igual à executiva? Só andaria nessa categoria caso pudesse sair do avião por algum compartimento especial e me salvar se houvesse alguma pane.

Louças para lavar

Eu adoro lavar louça, ainda mais com os produtos extraordinários que existem nos Estados Unidos. Você coloca o sabão dentro do cabo de um limpador, o líquido chega até a bucha e aquilo lava que é uma beleza. Sai toda a gordura da panela. Depois eu coloco a louça na máquina, mas eu não confio só nela. Eu lavo a louça porque a Iris faz a comida. Assim ela não reclama que fico sem fazer nada. Somos uma boa dupla. Em São Paulo, não lavo louça. É outro esquema. Para eu chegar à cozinha da minha casa, tenho de andar mais de 30 metros.

Prato preferido

Filé-mignon com queijo. Mas eu como de tudo, principalmente doces. Eu adoro sobremesas e sorvetes. Um dia desses, a Iris fez batata assada com manteiga. Ficou uma delícia. Mas ela também cozinhou risoto de quinoa na mesma ocasião. Não gostei. Quinoa parece arroz de pobre. Quinoa… quem já ouviu falar nisso?

Homem do Supermercado

Vou ao mercado todos os dias, geralmente ao Publix ou WalMart. Adoro supermercado. No Brasil, nunca entrei em um. Os brasileiros por aqui são educados comigo quando me encontram. Alguns ficam escondidos e pedem a algum amigo do grupo para tirar foto. Aí eu tiro o retrato e aparecem mais dez para fazer o mesmo. Quando posso, tiro foto com todos. Mas tem hora em que isso é impossível.

Nada de grifes

Gosto de comprar roupas no WalMart, nem sei onde fica Gucci ou Prada. Por esta bermuda mesmo (aponta para a bermuda azul-marinho que veste na ocasião), paguei US$ 18 (cerca de R$ 36). Comprei seis iguais em cores diferentes.

Alergia

Eu passo só desodorante. Sou alérgico a perfume e também a tinta de revista e de jornal. Eu leio, mas dou um espirro atrás do outro. No auditório mesmo, não posso chegar muito perto das mulheres porque o perfume estraga as cordas vocais.

Plásticas

Já fiz três. Em um ou dois anos, devo fazer outra. Mas Botox eu nunca apliquei.

Melhores amigos

O Jassa é quem mais tem contato comigo. Vou ao salão dele um dia sim, outro não. Só isso. Mas ele não viaja comigo, não vai à minha casa. Eu gosto do Jassa, o cabelo que ele faz em mim me modifica muito e é melhor do que cirurgia plástica.

Admiração

Eu sou admirador do Pelé e do Roberto Carlos. Já pensei em fazer uma reportagem comigo, Pelé, Roberto e também o Lula. Somos as quatro pessoas mais populares do Brasil. O povo gosta de nós, independentemente do que façamos.

http://entretenimento.br.msn.com/famosos/giro-famosidades-684#image=11 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: