MENSALÃO: Roberto Jefferson, mesmo insatisfeito com sua pena, acha que, com a decisão do Supremo, “nem tudo está perdido” no país

Roberto Jefferson foi condenado a 7 anos e 14 dias de prisão e multa de R$ 720 mil, por corrupção ativa e lavagem de dinheiro (Foto: Marcos Tristão / O Globo)
A defesa de ex-deputado esperava ter pena reduzida por ter denunciado o escândalo, em 2005

Do jornal O Estado de S. Paulo

O ex-deputado Roberto Jefferson comentou em um texto no blog a decisão do Supremo Tribunal Federal, que determinou a execução das penas dos condenados por envolvimento no mensalão [caso no qual ainda falta decidir sobre embargos em favor de alguns dos réus — inclusive o ex-ministro José Dirceu — por determinados crimes].

Sob o título “Nem tudo está perdido”, publicado às 9h56 desta quinta-feira, 14, o denunciante do esquema manifestou sua insatisfação pela determinação de sua prisão, mas se disse confortado com a crença de que a política “pode ser melhor”.

“Há oito anos denunciei ao País o maior escândalo que jamais presenciei no Planalto Central desde que me tornei deputado. Tudo realizado por quem, por décadas, apontou o dedo para muitos, acusando-os de corruptos, dando início à nefasta judicialização da política brasileira”, escreveu.

Jefferson foi condenado a 7 anos e 14 dias de prisão e multa de R$ 720 mil, por corrupção ativa e lavagem de dinheiro. A defesa esperava reduzir a pena pelo fato de o ex-deputado ter denunciado o escândalo, em 2005, mas o recurso foi rejeitado. Ainda não há data para as prisões ocorrerem.

“Fui cassado e tive meus direitos suspensos por 10 anos; ontem, a Corte Suprema do meu país decretou minha prisão. Estou satisfeito com a decisão? Mentiria se dissesse que sim; conforta-me, porém, a crença de que a política brasileira, daqui para a frente, pode ser melhor”, completou Jefferson.

Pouco depois, em seu perfil no Twitter, o ex-deputado disse estar “tudo certo” e que aguardará o “destino.” “Não (tenho arrependimentos), tudo certo. Não me regozijo, sou um réu condenado como todos os outros, vamos aguardar que se cumpra o destino”, escreveu.

Segundo sua assessoria, Jefferson está em Comendador Levy Gasparian, município da Região Serrana do Rio onde tem casa.http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/roberto-jefferson-mesmo-insatisfeito-com-sua-pena-acha-que-com-a-decisao-do-supremo-sobre-o-mensalao-nem-tudo-esta-perdido-no-pais/

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: