Menina que teve 90% do corpo queimado em ataques criminosos continua em estado grave

É grave o estado da menina de 6 anos, uma das vítimas do ataque ao ônibus na Vila Sarney Filho, em São Luís, na noite dessa sexta-feira (3). Ela teve 90% do corpo queimado, de acordo com informações do Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II, onde está internada na UTI, em estado gravíssimo.

Além dela, a mãe e uma irmã de um ano e quatro meses também sofreram queimaduras pelo corpo, mas não correm risco de morte.

“Ela pediu para eles não fazerem nada com as crianças, porque elas não tinham feito nada. Na hora, eles nem ligaram, não tiveram sentimento e tocaram fogo na menina, que está em estado muito grave no hospital”, disse um dos parentes, que pediu para não ser identificado.

A quarta vítima da ação criminosa é um homem identificado como Marcos Rony, que está no centro cirúrgico do mesmo hospital, com queimaduras por todo o corpo. Todos são moradores do Residencial Nova Terra.

Além do ônibus na Vila Sarney Filho, que foi parcialmente incendiado, outros três ônibus sofreram ataques: no bairro do João Paulo e na Avenida Ferreira Gullar os veículos foram completamente queimados. No Jardim América, o fogo foi contido pelo Corpo de Bombeiros, de acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Estado.


Com informações do G1 Maranhão

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: