Médico cubano retorna ao trabalho na próxima segunda em Feira de Santana

O médico cubano Isoel Gomez Molina, que atua em um posto de saúde de Feira de Santana, voltará ao trabalho na próxima segunda-feira, informou a prefeitura.

Molina, integrante do programa do governo federal Mais Médicos, foi afastado ao ser acusado de receitar dose excessiva de um medicamento para uma criança.

Em nota, a prefeitura da cidade afirmou que Molina foi ouvido por uma comissão e que as declarações da mãe do bebê, que o defendeu, também foram consideradas.

“Ele confirmou que a dose deveria ser fracionada em quatro vezes. Não estou vendo problema na prescrição fracionada porque o raciocino clínico foi correto”, afirma o coordenador do Mais Médicos na Bahia, Washington Abreu.

A comissão que ouviu o cubano concluiu que não houve erro em suas ações.

Além dos depoimentos, também foi acolhido um abaixo-assinado de 12 folhas enviado pelos moradores do bairro de Viveiros com o pedido de que o médico continuasse no posto de saúde.

Saiba Mais: Bahia Notícias

Saiba Mais: DCM

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: